Vitamina B6

 

A vitamina B6, é um nutriente capaz de desempenhar diversas funções no organismo, pois participa ativamente diversas reações do metabolismo, especialmente no que diz respeito os aminoácidos e as enzimas, essas proteínas ajudam a regular os processos químicos do corpo. É responsável, também por regular as reações tanto de desenvolvimento quanto de funcionamento do sistema nervoso, protegendo os neurônios e produzindo neurotransmissores, que são substâncias importantes que transmitem a informação entre os neurônios.

 

Essa vitamina está presente na maioria dos alimentos como peixes salmão e camarão, a banana, carne de frango, e avelãs. e também é sintetizada pela microbiota intestinal, sendo as principais fontes de vitaminaB6 a banana, peixes como salmão, frango, camarão e avelãs, por exemplo. Em casos da ausência dela no corpo ela também pode ser encontrada na forma de suplemento, sendo recomendado por médico ou por nutricionista.

 

O que é Vitamina B6?

A vitamina B6, conhecida como piridoxina, pode ser suprida através da ingestão de alimentos de origem animal e vegetal. Sendo responsável pelo metabolismo das proteínas, dos carboidratos e gorduras e é fundamental para o desenvolvimento do sistema nervoso central e da função cognitiva.

 

A deficiência isolada em vitaminaB6 é rara, sendo acompanhada da deficiência de outras vitaminas do complexo B, na maioria das situações, isso se dá por má absorção, influenciado também por fatores genéticos, interação com medicamentos, consumo exagerado de álcool, tabagismo, entre outros. Os principais sintomas são observados na pele, no sistema nervoso e no sangue.

 

Qual a função da Vitamina B6?

A vitaminaB6 assume principal função de coenzima, ou seja, ela trabalha no metabolismo das proteínas, hidratos de carbono e lipídios. As suas principais funções são: a produção de epinefrina, serotonina e outros neurotransmissores, a formação do ácido nicotínico da vitamina, a decomposição do glicogénio e o metabolismo dos aminoácidos.

 

A vitamina B6 trabalhana quebra do glicogênio, ajudando na formação da hemoglobina, anticorpos e certos hormônios. Como resultado pode citar o bom funcionamento do sistema nervoso e imunológico, além de proporcionar pele, músculo e sangue saudáveis. Ajuda na degradação da homocisteína, uma substância que, em excesso na circulação sanguínea, pode causar doenças cardiovasculares.

 

Para que serve Vitamina B6?

O suplemento de vitaminaB6 contribui para aumentar os níveis de energia corporal, melhorando a produção de massa muscular, para melhorprodução de neurotransmissores cerebrais e contribuindo para a produção das células sanguíneas.

 

Em casos de distúrbios metabólicos a vitamina B6 pode auxiliar, como nos casos de depressão, TPM, diabetes gestacional, síndrome de Down e para diminuir os enjoos e os vômitos durante a gestação.O uso da solução, também é indicado contra caspa e seborreia, além daseborreia e acne.

 

Envolvida em inúmeras funções biológicas, essa vitamina é usada pelo corpo todos os dias, e desempenha um papel importante em funções como movimento, memória, gasto energético e fluxo sanguíneo. Ajuda a manter a saúde do sistema nervoso, na produção de hemoglobina que transporta oxigênio nos glóbulos vermelhos em todo o corpo, e nos fornece energia dos alimentos que comemos.

 

Responsável por equilibrar os níveis de açúcar no sangue, atuando no tratamento natural contra a dor, regula o humor, e ajuda a produzir anticorpos para o sistema imunológico.

 

Outros benefícios da Vitamina B6:

Vitamina B6 participa da produção de energia por atuar no metabolismo dos aminoácidos, gorduras e proteínas. Também participa da produção de neurotransmissores, substâncias que são essenciais para o bom funcionamento do sistema nervoso.Alguns estudos apontaram que a ingestão da vitamina B6 pode contribuir para a redução na gravidade dos sintomas de tensão pré-menstrual, a TPM, como as mudanças na temperatura corporal, irritabilidade, falta de concentração e ansiedade, por exemplo.

 

A vitamina B6 está relacionada coma resposta do sistema imunológico frente a diversas doenças, incluindo inflamação e vários tipos de câncer, isso porque essa vitamina é capaz de aumentar as defesas do corpo.O consumo durante a gravidez, pode ajudar a melhorar a náusea, os enjoos marinais e os vômitos durante a gestação, a mulher deve incluir no dia a dia, alimentos ricos nessa vitamina e apenas fazer uso de suplemento caso seja recomendado pelo médico.

 

A vitamina B6 está ligada diretamente com a produção de neurotransmissores, como a serotonina, diminuindo o risco de depressão e de ansiedade. O consumo dela também pode ajudar a diminuir a inflamação nos casos de artrite reumatoide e da síndrome do túnel do carpo, aliviando os sintomas, isso porque essa vitamina atua como mediadora da resposta inflamatória do organismo.Confira os benefícios detalhados da Vitamina B6!

 

Protege o Sistema Cardiovascular: A vitamina b6 pode participar da proteção do sistema cardiovascular, por meio da regulação dos níveis de homocisteína, uma substância altamente perigosa para o nosso corpo, que pode causar danos nas paredes dos vasos sanguíneos, fazendo com que o indivíduo corra risco de vida, inclusive.

 

Dessa forma, a B6 impede que os níveis de homocisteína subam mais do que o necessário, evitando situações que comprometem a vida do consumidor. Além disso, ela também é importante para evitar outras enfermidades como o alto colesterol, a pressão sanguínea elevada (hipertensão) e infarto.

 

Estimula as funções cerebrais: As funções cerebrais podem ser beneficiadas pela vitamina B6, por meio do estímulo de produção de hormônios que causam sensação de bem-estar e prazer no consumidor.Isso faz com que o suplemento seja complementar, por exemplo, em tratamentos de estresse excessivo e ansiedade.

 

Ao mesmo tempo, ela também pode interferir na produção de bainha de mielina, responsável por interferir nas funções nervosas, já que reveste os nervos e impede as conduções de impulso nervoso. Com isso, a vitamina b6 melhora a memória, humor, a atenção e o foco, garantindo maior saúde mental do consumidor.

 

Previne e melhora as inflamações nas articulações: Muitos estudos já comprovaram a eficiência da vitamina B6 no tratamento contra doenças inflamatórias que atingem as articulações do corpo. Uma delas, é a artrite reumatoide, responsável por causar grandes inchaços em articular ações de pessoas mais velhas.

 

Por exemplo, as pesquisas afirmaram que após uma semana de uso dos afetados, a vitamina B6 ajudou a amenizar os sintomas de dor, inchaço e queimações causadas pela doença. Dessa forma, pode-se afirmar que a vitamina B6 possui propriedades anti-inflamatórias consideráveis para a saúde do usuário.

 

Melhora unhas e cabelos: A preocupação com a estética na sociedade atual é uma grande influenciadora para a compra de produtos no mercado. Por isso, a aquisição de vitamina B6 é justificada também pelos benefícios que fornecem para unhas e cabelos do corpo.

 

No caso do cabelo por exemplo, ela impede que as agressões externas danifiquem os fios, favorecendo o crescimento saudável. Dessa maneira, o mesmo vale para o crescimento das unhas, já que possuem os nutrientes necessários para a saúde dessas partes do corpo. Ou seja, a vitamina B6 também é utilizada para fins de estética

 

Protege a saúde da pele: Um dos principais componentes para que a pele apresente um aspecto mais saudável, elástico e brilhoso é a presença de colágeno no corpo. Entretanto, na medida que os anos passam, perdemos gradualmente os níveis de colágeno em nossos tecidos, o que causa sinais de envelhecimento.

 

Porém, A vitamina B6 pode favorecer a produção de colágeno quando consumida. ela promove a síntese de elastina, principal responsável pela elasticidade da pele. Com isso,Além do usuário ter uma aparência mais jovem, a nutrição de sua pele será garantida pelo uso da vitamina, já que ela participa do metabolismo dessa proteína.

 

Alivia sintomas da TPM: a TPM é conhecida por causar sintomas como estresse, ansiedade, dor nas mamas, enxaqueca, cólicas, inchaço, entre outros. Isso tudo devido ao fluxo sanguíneo menstrual que ocorre todo mês no organismo feminino, o que as incomodam constantemente.

 

Pensando nisso, muitos médicos receitam a vitamina B6 com a finalidade de amenizar os sintomas,visto que ela atua sobre os neurotransmissores responsáveis pela sensação de dor, além de estar presente na circulação sanguínea, promovendo sua regulação. Assim, beneficia-se o ciclo mensal feminino.

 

Quais as formas de uso e como tomar?

Sobre onde comprar Vitamina B6, você pode achar ela em diversos locais! Entretanto, ressaltamos a importância de sempre adquirir o produto em lojas de produtos naturais. Isso porque as mercadorias industrializadas costumam conter aditivos que influenciou em reações alérgicas dos consumidores. Portanto, cuidado com esse detalhe!

 

Além disso, sobre o preço da vitamina B6, não se preocupe com isso! pois temos o melhor preço do mercado! as formas de uso disponíveis são em cápsula, líquido e alimentos. A seguir, preparamos uma lista de métodos de consumo com seus respectivos detalhes e dosagens necessárias.Lembrando que são apenas informações gerais, pois cada corpo tem suas especificações. Confira abaixo!

 

Cápsulas: O mais comum é encontrar vitamina B6 como aditivo em suplementos vitamínicos,porém também tem os suplementos que contenham apenas vitamina B6. Esses tipos de produtos normalmente estarão disponíveis em dois formatos:

 

Cloridrato de piridoxina: Esta forma de vitaminaB6 é a mais conhecida e utilizada no campo da suplementação. É fácil de encontrar e relativamente barato.

 

Fosfato Piridoxal (PLP): Também conhecido como Piridoxal-5-Fosfato (P5P), é a forma ativa da vitamina B6. Ele não precisa ser metabolizado pelo fígado para realizar sua função, o que o torna um suplemento mais potente do que o Cloridrato de Piridoxina.

 

A quantidade de suplemento de vitamina B6 indicada pelo médico vai variar de acordo com o objetivo do uso. Como suplemento nutricional: Pode ser indicado tomar de 40 a 200 mg de suplemento por dia. Deficiência causada pelo uso de isoniazida: Tomar de 100 a 300 mg/dia. Em caso de alcoolismo: Tomar 50 mg/dia, durante 2 a 4 semanas.

 

Líquido: Uso de vitamina B6 em líquido é pouco comum, porém bastante efetivo se utilizado corretamente. Para absorver os nutrientes por meio dessa forma de consumo, é preciso tomar meia colher de chá todos os dias, como uma suplementação no meio de uma refeição. Pode ser misturado com água e suco.

 

Alimentos: A vitamina B6 pode ser encontrado em alimentos de origem animal, como carnes de vitela, carne de galinha, Fígado de vaca, porco, atum, truta, arenque e salmão. Pode haver nozes também, como avelã e amendoim, que apresentam teores significantes de piridoxina.

 

Tem efeitos colaterais e contraindicação?

Não deve ser tomada por pessoas que estejam tomando Levodopa, Fenobarbital e Fenitoína.A dose exagerada, acima de 200 mg por dia por mais de 1 mês pode levar ao surgimento de neuropatia periférica grave, gerando formigamento nos pés e nas mãos, por exemplo. Saiba reconhecer os sintomas de excesso de vitamina B6.

 

Lembrando que essas contraindicações para usuários dos remédios citados acima são de extrema importância e não existem exceções. Pois, o uso de cápsulas de vitamina B6 juntamente com eles, causa uma espécie de mistura racêmica no organismo, por serem incompatíveis, gerando graves danos! Portanto, tome cuidado e consulte seu médico antes!

Blog Naturemed