Nenhum produto encontrado nessa categoria.

Sucupira

 

A Sucupira tem sido cada vez mais consumida, tal fato se deve a suas propriedades que garante inúmeros benefícios para quem a consome. Dito isso, dentre as propriedades benéficas que ela apresenta podemos citar: analgésica, anti-inflamatória, antirreumática, cicatrizante, antimicrobiana, antioxidante e antitumoral.

 

Ainda, é certo dizer que seu uso está principalmente associado ao combate a infecções e inflamações, devido às propriedades citadas acima. Dessa forma, a Sucupira é um remédio natural que auxilia no tratamento dessas enfermidades, sem agredir o organismo, visto que não apresenta fórmulas artificiais.

 

Nesse sentido, podemos perceber que, por se tratar de uma planta, há diversas formas de administração desse remédio, seja em cápsulas, em forma de chá, consumo das sementes, enfim. Sem dúvidas, a Sucupira pode fazer parte da sua rotina alimentar, de acordo com o que for mais cômodo para quem a ingere.

 

Por fim, é importante ressaltar que consumir essa planta traz inúmeros benefícios para o organismo humano. Sendo assim, faz-se necessário conhecê-los, bem como suas peculiaridades e modos de uso, para que os resultados após a administração desse remédio sejam satisfatórios.

 

O que é Sucupira?

A Sucupira é uma árvore grande que pertence à família das Fabaceae, sendo encontrada principalmente na América do Sul e, na verdade, apresenta duas espécies diferentes. Dito isso, a primeira é a Sucupira branca, Pterodon pubescens, e a segunda é a Sucupira preta, cujo nome científico é Bowdichia major Mart.

 

Nesse sentido, a parte que mais se utiliza dessa planta, principalmente para a produção de chás, óleos, tinturas e extratos, é a semente. No entanto, todas as partes da Sucupira são utilizadas na medicina popular, desde sua raiz até as folhas, sendo elas utilizadas sob forma de infusão ou decocção.

 

Ainda, a Sucupira branca apresenta diversas propriedades benéficas ao organismo, como as propriedades analgésica, anti-inflamatória, antirreumática, cicatrizante, antimicrobiana, antioxidante e antitumoral. Dessa forma, pode-se dizer que todas elas podem ser encontradas na semente de Sucupira.

 

Sendo assim, a Sucupira é uma planta extremamente versátil, que apresenta inúmeros modos de uso para se adequar em sua rotina da melhor forma possível. Dito isso, podemos citar entre os principais: óleo de Sucupira, chá de Sucupira, extrato de Sucupira e, por fim, a clássica Sucupira em cápsulas.

 

Quais os nutrientes da Sucupira?

Como dito anteriormente, a Sucupira apresenta inúmeros nutrientes em sua composição. Dito isso, esses nutrientes vão nos ajudar a conhecer melhor essa planta e como ela age em nosso organismo, bem como quais as origens dos benefícios proporcionados por essa rica planta, uma vez que todos partem dos nutrientes que ela possui.

 

Nesse sentido, é importante compreender que cada nutriente vai auxiliar em uma tarefa ou exercer alguma função específica no organismo. Dessa forma, cada função exercida pelos nutrientes irá desencadear benefícios para o organismo humano, todos eles decorrentes do consumo adequado da planta.

 

Dito isso, é de suma importância compreender quais são esses nutrientes, bem como o mecanismo de ação deles em nosso organismo, para compreender melhor a necessidade de consumir a Sucupira. Por isso, preparamos uma lista exclusiva com os principais nutrientes da Sucupira, bem como o modo como agem. Confira a seguir!

 

Alcalóides: Os alcalóides se encontram principalmente nas cascas e folhas da Sucupira. Dito isso, tais nutrientes são destaque na ação antimicrobiana e antiparasitária, sendo responsáveis pela proteção do organismo contra esses agentes patogênicos. Ainda, eles protegem a planta contra insetos e animais predadores.

 

Isoflavonas: As isoflavonas têm um importante papel como componente da Sucupira. Tal papel se caracteriza por ter atividade neuroprotetora, auxiliando no bom funcionamento do sistema nervoso, anticâncer e contra acidente cardiovascular, tais funções se devem a sua capacidade antioxidante.

 

Triterpenos: Os triterpenos auxiliam em inúmeras funções no organismo humano, principalmente no que se diz respeito à manutenção da saúde humana e proteção contra enfermidades. Dito isso, podemos afirmar que eles possuem importantes propriedades anti-inflamatória, antioxidante, antiartrítica, antidiabética, cardioprotetora, antiproliferativa, quimioprotetora e citoprotetora.

 

Para que serve a Sucupira?

Uma constante dúvida a respeito da Sucupira é, para que ela serve. Bom, como vimos anteriormente, os nutrientes dessa planta exercem papéis muito importantes no organismo humano, principalmente no que diz respeito à proteção contra enfermidades e manutenção da saúde e do bom funcionamento do organismo.

 

Dito isso, vamos acabar de vez com a dúvida de para que serve a Sucupira. Devido às propriedades citadas anteriormente, a Sucupira auxilia principalmente no combate a inflamações e infecções, até mesmo nas articulações, podendo ser útil para cuidar de problemas como artrite, artrose, reumatismo e artrite reumatóide.

 

Ainda, o óleo de Sucupira e para que serve também é alvo de muitas dúvidas. No entanto, é preciso entender que os benefícios do óleo são os mesmos da planta, sendo apenas uma adaptação para facilitar a administração do remédio e auxiliar em seu consumo no dia a dia dos consumidores.

 

Por fim, a Sucupira também pode ser benéfica na prevenção contra o câncer, devido a suas propriedades antioxidantes, como foi visto anteriormente. Dito isso, como sabemos, a propriedade antioxidante auxilia no combate a radicais livres, principais responsáveis pelo desenvolvimento do câncer no organismo.

 

Outros benefícios da Sucupira:

Sem dúvidas, consumir Sucupira traz inúmeros benefícios à saúde humana e pode auxiliar no tratamento de diversas enfermidades. Dito isso, é sempre bom entender melhor sobre esses benefícios e como eles auxiliam na promoção de uma vida mais saudável e no bom funcionamento do organismo.

 

Ainda, é preciso dizer que os nutrientes presentes na Sucupira, sem dúvidas, são os principais responsáveis pela promoção desses benefícios. Dessa forma, não há nada melhor do que adquirir vantagens para seu organismo somente mudando sua alimentação e incluindo um alimento tão rico assim.

 

Desse modo, é importante conhecer melhor os benefícios da Sucupira para conseguir aproveitá-los inteiramente durante o consumo, como forma de administrá-la da melhor maneira. Por isso, preparamos uma lista abaixo com os principais benefícios da Sucupira. Veja-os abaixo:

 

Combate a úlcera: O consumo do óleo de Sucupira se mostrou benéfico e eficaz contra úlceras gástricas em pesquisas que foram realizadas. Dito isso, o que ocorreu foi que, com o consumo do óleo, ocorreu uma redução do volume de exsudato e um maior influxo de neutrófilos, que são as células de defesa.

 

Sendo assim, o consumo desse óleo essencial se mostrou eficaz como um anti-inflamatório e também como antiúlcera. Dessa forma, esse remédio pode auxiliar milhares de pessoas a se precaverem contra essa doença, além de adquirir outros benefícios aderindo ao consumo dessa planta.

 

Combate inflamações: Como vimos, a Sucupira apresenta importantes propriedades que auxiliam no combate a inflamações, uma vez que possui propriedade anti-inflamatória. Sendo assim, diversos estudos apontaram resultados satisfatórios no combate a inflamações, principalmente inflamações nas articulações.

 

Auxilia na prevenção ao câncer: A prevenção do câncer pelo consumo da Sucupira se dá principalmente pela riqueza de propriedades antioxidantes, que auxiliam no combate aos radicais livres. Dessa forma, o desenvolvimento do câncer é retardado, auxiliando num combate mais eficaz da doença.

 

Combate amigdalite: O combate a amigdalite e outras infecções na garganta é possível, devido às propriedades anti-inflamatórias da planta. Sendo assim, tais enfermidades são evitadas e até mesmo combatidas de forma mais rápida e eficaz.

 

Auxilia na cicatrização: O processo de fácil cicatrização é auxiliado pelo efeito cicatrizante da Sucupira, proporcionando, dessa forma um processo mais rápido de cicatrização. Além disso, propriedades anti-inflamatórias também auxiliam na aceleração do processo cicatrizante, bem como a cura mais rápida de machucados.

 

Auxilia na regulação dos níveis de açúcar do sangue: Além de tudo o que foi citado acima, alguns estudos apontam que o consumo de Sucupira auxilia na regulação dos níveis de açúcar no sangue. Dessa forma, doenças relacionadas a esse acúmulo de açúcar, como a diabetes, são evitadas pelo consumo regular dessa planta.

 

Quais as formas de uso e como tomar?

Como foi dito anteriormente, a Sucupira é uma planta extremamente versátil e que apresenta inúmeras formas de uso. Sendo assim, o consumo e a administração por parte de quem a consome são facilitados, podendo consumir a planta e adquirir os benefícios em qualquer hora do dia e do modo que for mais confortável e viável.

 

Ainda, há possibilidade de tomar Sucupira com vinho para potencializar seus efeitos. Tal receita deve ser preparada com cautela, por isso, ensinaremos abaixo como prepará-la do modo correto, a fim de obter todos os benefícios da semente e conseguir melhores resultados com a bebida.

 

Dessa forma, também é importante que você conheça todas as formas de uso dessa planta, bem como a maneira correta de administrá-las, de forma a evitar excessos e exageros nas dosagens diárias. Sendo assim, preparamos uma lista exclusiva com os principais modos de consumo e como administrá-los. Veja a seguir!

 

Extrato de Sucupira: O extrato de Sucupira é uma versão totalmente benéfica a ser consumida e preservar as qualidades da planta. Dito isso, recomenda-se o consumo de 0,5 a 2 ml do extrato por dia.

 

Óleo de Sucupira: O óleo de Sucupira também é uma ótima versão, que traz inúmeros benefícios, como o combate à úlcera. Dessa forma, é recomendado, para que os efeitos desejados sejam alcançados, a dosagem de 3 a 5 gotas ao dia misturada nos alimentos. Ou então, caso prefira ingeri-la diretamente na boca, recomenda-se o consumo de 1 gota cinco vezes ao dia.

 

Sucupira em cápsulas: A versão da Sucupira em cápsulas é prática e versátil, podendo ser consumida em qualquer lugar, além de ser de fácil acesso e administração. Além disso, ela também preserva todos os benefícios da Sucupira. Dito isso, recomenda-se o consumo de 2 cápsulas ao dia para que s efeitos sejam mais satisfatórios.

 

Chá de Sucupira: Outra eficaz alternativa no consumo dessa planta é o chá de Sucupira. Este, por sua vez, é preparado a partir das sementes de Sucupira. Sendo assim, para prepará-lo, é preciso que siga as seguintes orientações:

- Lave 4 sementes de Sucupira,

- Em seguida, quebre-as com o auxílio de um martelo de cozinha,

- Após esse processo, ferva as sementes quebradas juntamente com 1 litro de água por 10 minutos.

Pronto! Agora coe e beba o chá feito ao longo do dia. Contudo, lembre-se de utilizar somente uma panela durante o processo, para que as sementes não percam suas propriedades.

 

Tintura de Sucupira: A Tintura de Sucupira é mais uma das alternativas eficazes de obter os benefícios dessa planta. Sendo assim, é indicado que se consuma 20 gotas três vezes ao dia.

 

Sucupira com vinho: Por fim, mas não menos importante, a Sucupira com vinho pode trazer benefícios inimagináveis. Por isso, iremos ensinar a seguir como preparar essa bebida! Veja:

- Separe 10 sementes de Sucupira e 1 litro de vinho branco para a receita,

- Limpe bem as sementes e corte-as em pedaços médios,

- Pegue uma garrafa de vinho branco e coloque as sementes dentro dela,

- Deixe-as no recipiente por 10 dias, para que a Sucupira libere suas propriedades na bebida.

 

Pronto! Após esse processo, basta coar a bebida para remover as sementes e ela estará pronta para consumo! No entanto, lembre-se de acrescentar um pouco de água para amenizar os efeitos do álcool. Dito isso, a indicação é diluir 3 colheres de sopa do vinho para meio copo de água (100ml) e tomá-la 2 vezes ao dia.

 

Tem efeitos colaterais e contra-indicação?

Por se tratar de uma planta natural, os efeitos colaterais decorrentes do consumo de Sucupira são praticamente inexistentes. No entanto, é preciso lembrar que as orientações passadas anteriormente devem ser seguidas para evitar o excesso de dosagem, uma vez que pode causar efeitos indesejáveis.

 

Nesse sentido, o consumo de Sucupira é contraindicado para mulheres grávidas, lactantes e crianças com menos de 12 anos. Ainda, lembre-se de sempre seguir as recomendações de dosagem diárias, para evitar a ocorrência de reações indesejadas ou efeitos contrários aos esperados.

 

Por fim, lembre-se sempre de não ingeri-la por conta própria. Por isso, antes de aderir ao consumo dessa planta, consulte um médico ou nutricionista, a fim de identificar qualquer restrição quanto ao consumo da Sucupira e até mesmo para orientá-lo sobre a dosagem diária recomendada a você e qual a melhor forma de uso.

 

 

 

 

 

Blog Naturemed