Nenhum produto encontrado nessa categoria.

Queda de Cabelo

 

Seja por estética ou até mesmo por autoestima, muitas pessoas buscam fazer o uso de algum remédio para queda de cabelo. Porém, muito antes de optar pelo remédio, é necessário que seja investigado antes o real motivo pelo qual a queda de cabelo existe, isso porque existem diversos fatores para que isso aconteça. Esse problema pode ser por exemplo passado de geração em geração, pessoas que apresentam problemas de queda de cabelo excessiva ainda bem jovens, podem sofrer muito com o problema.

No entanto, existem alguns remédios caseiros para a queda de cabelo que podem ser bastantes eficazes. Por exemplo, se você está tentando impedir a queda de cabelo ou incentivar mais crescimento, existem algumas dicas sobre dieta e como acabar com a queda de cabelo que podem ajudar alcançar mais rapidamente o seu objetivo. Porém, se a causa da queda de cabelo ocorre devido a uma condição médica, é melhor conversar com um médico sobre tratamentos adequados.

A queda de cabelo também pode ser configurada por medicamentos, deficiência ou excesso de vitaminas, alterações hormonais, menopausa ou contato com produtos químicos. E é neste texto em que entenderemos mais aprofundadamente quais os motivos para que a queda de cabelo aconteça, bem como a prevenção e ainda quais são os melhores remédios para a queda de cabelo. Confira!

 

O que é Queda de Cabelo?

A queda excessiva dos cabelos pode ter um grande impacto em toda a aparência, e essa pode ser uma busca urgente de melhorias para muitos homens e mulheres. A alopecia androgenética, diferente da queda de cabelo em si, é conhecida como calvície, e é um problema que pode levar à perda total ou parcial dos cabelos. Ela é mais comum entre o sexo masculino, mas também pode afetar diversas mulheres.

O estágio normal de crescimento do cabelo dura geralmente de 2 a 3 anos, e cada cabelo pode crescer aproximadamente 1 centímetro por mês durante esta fase. Assim, existe o ciclo natural dos fios no qual eles nascem, crescem, se estabilizam e depois caem. Um dos grandes problemas é que por diversas vezes, os cabelos podem cair de forma excessiva e indicar algum problema mais grave de queda de cabelo.

 

O que causa a Queda de Cabelo?

Como já vimos previamente acima, a queda de cabelo pode ser causada por diversos motivos, sejam a genética, hábitos de vida ou ambos. Algumas condições médicas também podem levar à queda de cabelo. Segundo pesquisas, é normal perder de 50 a 100 cabelos por dia, porém, se alguém perder mais do que isso, pode significar que existe aí uma perda excessiva de cabelo.

Existem ainda outros diversos hábitos de vida, que se não cuidados, podem ser um dos principais precursores para a queda de cabelo aconteça. E elas podem ser:

 

Deficiências nutricionais: Quando a queda de cabelo acontece, é bem possível que haja falta nutrientes essenciais inseridas em suas dietas, bem como ferro, cobre, zinco e proteínas. A falta de vitamina D pode ser também uma outra causa para a queda de cabelo.

 

Distúrbios da tireóide: Se a tireóide produzir uma quantidade, seja ela excessiva ou até mesmo insuficiente de hormônio tireoidiano, todo o ciclo de crescimento do cabelo pode mudar. Mas se houver um real problema em sua tireóide, a queda de cabelo pode vir acompanhada de ganho ou perda de peso e até mudanças na freqüência cardíaca.

 

Síndrome dos ovários policísticos (SOP): Mulheres com SOP pode ter um desequilíbrio hormonal que cria níveis bem mais altos de andrógenos do que o normal. Isso geralmente faz com que o cabelo cresça no rosto e no corpo, enquanto pode ocorrer queda de cabelo na cabeça, ficando cada vez mais fino. A SOP também pode levar a problemas de ovulação, acne e ganho de peso.

 

Remédios para o controle de natalidade: Diversas pílulas anticoncepcionais podem causar queda de cabelo. Os efeitos da pílula estão em acabar com a ovulação, o que pode fazer com que o cabelo fique cada vez mais fino, especialmente quem possui histórico familiar de queda de cabelo. Além disso, ainda pode ocorrer queda de cabelo até mesmo quando você para de tomar a pílula.

 

Estresse: As respostas hormonais do nosso corpo, como o estresse extremo podem causar queda de cabelo repentina, e que podem durar por diversos meses. Uma boa forma de minimizar o estresse é através de exercícios, meditação, ioga e até mesmo massagens, que reduzirá significativamente as chances de sofrer quedas excessivas de cabelo.

 

E existem ainda algumas condições médicas, como:

 

Alopecia androgenética: Nas mulheres, o cabelo geralmente afina na parte superior, mas permanece grosso na parte de trás. O hormônio sexual masculino testosterona em outro hormônio, a diidrotestosterona (DHT), pode fazer com que os folículos capilares produzam cabelos cada vez mais finos, vindo a queda de cabelo, até que parem.

 

Alopecia areata: Esta é uma doença auto-imune, e ela afeta até 2% da população. Relacionada à stress constante e ansiedade, essa doença pode causas manchas redondas, grandes ou pequenas  em grande parte do couro cabeludo, causando quedas de cabelo e podendo levar à calvície total. Em grande parte dos casos, com tratamento o cabelo cresce novamente.

 

Como evitar a Queda de Cabelo?

Algumas condições para que haja a queda de cabelo, como a queda de cabelo ocorrida na gravidez, porém essas são temporárias e podem ser resolvidas de forma própria à medida que a criança cresce. Porém, se a sua queda de cabelo for excessiva e persistente, é necessário buscar uma ajuda com o dermatologista local para que sejam diagnosticados os possíveis motivos, e se por exemplo a queda de cabelo é causada por condições como problemas de tireóide, deficiências nutricionais ou estresse.

As vitaminas para queda de cabelo são uma excelente alternativa, mas saber o que fazer para evitar que os seus fios fiquem enfraquecidos e acabem caindo, também é mais do que essencial. É muito importante manter sempre uma alimentação saudável e balanceada. O cabelo é uma extensão da nossa saúde e, se o organismo não estiver nutrido e saudável, os fios vão refletir isso e assim, ocorrer a queda de cabelo.

O estresse também está intimamente ligado à queda do cabelo. O estresse do dia a dia precisa ser revisto num ponto de vista emocional, como anda se sentindo, se está muito irritado e preocupado, uma vez que tudo isso também pode estar influenciando na queda do cabelo. Se for o caso, busque uma ajuda profissional!

Manter o couro cabeludo saudável é também essencial para que ele não venha a cair. Se ele não estiver saudável de verdade, a tendência é que a queda de cabelo ocorra. Neste caso, os óleos vegetais são altamente recomendados, na estimulação de toda a área com massagens.

Por fim, é muito importante sempre consultar um médico, só ele poderá fazer uma pesquisa afundo sobre o seu histórico e identificar as possíveis causas da queda de cabelo, por mais que alguns desses problemas possam ser solucionados com tratamentos naturais e caseiro, não deixe nunca de consultar um médico antes.

 

Quais os remédios para Queda de Cabelo?

Se a queda de cabelo contínua for causada por uma doença específica, é necessário que antes seja feito o tratamento para essa doença. Porém, se um determinado medicamento estiver causando a queda de cabelo de forma excessiva, você pode consultar um médico que poderá aconselhá-lo a parar de usá-lo por pelo menos alguns meses. Sobre os melhores remédios naturais para a queda de cabelo, as opções incluem:

 

Ferro + Fólico + B12: A combinação do ácido fólico, ferro e vitamina B12 presentes nessa composição podem proporcionar cada vez mais uma gama de benefícios a todo o organismo, não só para a formação e desenvolvimento fetal, mas para todo o sistema de defesa do ser humano, que fortifica significativamente todo o corpo humano, contribuindo assim também no tratamento para a queda de cabelo.

 

Pró Melaton: O Pró Melaton possui vitaminas do complexo B e ainda ingredientes naturais e minerais que contribuem ativamente para diversos benefícios no organismo do ser humano. O Zinco, Magnésio e a Vitamina B6 e B9 presentes nele podem auxiliar significativamente no tratamento contra a queda de cabelo e no tratamento também da calvície.

 

Vitamina B7 (Biotina): Muito além de benefícios para o metabolismo, diminuindo o açúcar no sangue e assim contribuindo para a perda de peso, a Biotina também tem uma poderosa ação sobre toda a pele os cabelos. Suas propriedades, como o Óleo De Girassol, garantem cabelos mais fortes e livres de quedas.

 

Vitamina complexo B: Todas as Vitaminas presente nesse composto desempenham um papel muito importante para o organismo, porém, algumas delas tem propriedades maravilhosas para contribuir no tratamento contra a queda de cabelo. A Biotina presente nesse composto contribui para a manutenção e tratamento contra a queda de cabelo e da pele, as vitaminas B6 e B9 são bastantes utilizadas contra a calvície e perda dos fios.

 

Melhores vitaminas para Queda de Cabelo?

É muito fácil encontrar as melhores vitaminas para a queda de cabelo, seja em casas de produtos naturais ou em farmácias, é possível encontrar suas vitaminas. Há também as vitaminas inseridas nos shampoos para queda de cabelo e também em condicionadores, você também pode encontrar suas vitaminas em comprimidos.

Abaixo, confira algumas das diversas opções de vitamina para queda de cabelo e como elas devem ser tomadas:

 

Vitamina A: Essa é uma excelente opção para queda de cabelo, uma vez que a sua ação está sobre a produção de queratina e colágeno. Sua fórmula é amplamente encontrada em formato de ampolas para a queda de cabelo, e elas podem ser aplicadas nos fios ou, para uma maior eficácia, misturada na máscara de tratamento capilar.

 

Vitamina C: A Vitamina C pode garantir um importante desempenho em toda a saúde dos fios e sua carência pode estar intimamente relacionada à queda de cabelo. Na maioria das vezes, a vitamina C é sempre indicada em comprimidos. A quantidade, porém, deve ser sempre ajustada conforme indicação e orientação médica.

 

Biotina: A Biotina talvez seja um dos principais medicamentos indicados para o tratamento, fortalecimento e manutenção dos fios, ela faz parte do complexo B e atua diretamente na prevenção da queda de cabelo. Entretanto, bastante atenção, os comprimidos de biotina devem ser sempre indicados conforme orientação médica.

 

Ácido Fólico: O ácido fólico é um outro exemplo de vitamina bastante eficaz para queda de cabelo, mas que também ajuda significativamente no crescimento de cada vez mais novos fios. A dosagem também deve ser indicada conforme orientação e prescrição médica, mas geralmente, a dose máxima não deve ultrapassar 15mg ao dia.

 

Alguns remédios naturais para tratamento da Queda de Cabelo:

Diversos dos tratamentos para a queda de cabelo nos seus estágios iniciais podem ajudar a minimizar a perda de todo o cabelo e aumentar totalmente a eficácia do tratamento. Existem algumas maneiras de controlar a queda de cabelo, mas o que fazer depende da causa da perda de cabelo, por isso existe a importância de consultar sempre antes a causa.    

Logo após saber exatamente o que causa a queda de cabelo é que podemos então ter a certeza de qual o melhor tratamento a ser feito. Por isso, listamos abaixo alguns dos melhores e mais eficazes produtos para que o tratamento escolhido possa ser mais assertivo para você, acompanhe!

 

Argila: A argila possui propriedades bastante eficazes para nutrição e hidratação dos fios e ainda pode devolver a queratina perdida pelos fios danificados. O tratamento com a máscara de argila ajuda purificar, eliminar a oleosidade e fortalecer o couro cabeludo. Sua ação auxilia consideravelmente para o crescimento saudável dos fios, evitando possíveis quedas de cabelo.

 

Açoita Cavalo: O Açoita Cavalo possui uma poderosa ação de tratamento para o cabelo quando misturado com ingredientes de alto poder vitamínico como a Biotina, Pantenol e Queratina, o seu uso contínuo pode garantir uma maior reconstrução e hidratação de todo o couro cabeludo. Ele ainda promove o aumento da elasticidade do fio, não permitindo que ele quebre facilmente , suas propriedades fortalecem os cabelos impedindo queda dos fios e ativando progressivamente seu crescimento.

 

Óleo de Coco: Uma das grandes vantagens do óleo de coco é de que sua composição seja 100% natural, não há contraindicações ou efeitos colaterais em seu uso. Isso acontece porque ele funciona eliminando as diversas bactérias e fungos que podem estar impedindo o crescimento saudável do cabelo e deixando os fios fracos, vindo à queda do cabelo. Como grande riqueza em vitamina E, vitamina K e ferro, o óleo de coco fortalece poderosamente todos os cabelos, graças ao seu efeito antioxidante.

 

Óleo de Semente de Abóbora: Por fim, um excelente tratamento para o seu cabelo é o óleo de semente de abóbora, que auxilia poderosamente no tratamento de queda de cabelo, combatendo o DHT, que é um hormônio que penetra nos receptores dos folículos pilosos, iniciando assim um processo de enfraquecimento e perda dos cabelos. A composição presente nela, como o Zinco, Potássio e Magnésio ajuda em um tratamento completo de todo os fios.

Além disso, como mencionamos ao longo de todo o texto, antes de iniciar qualquer tratamento para queda de cabelo citado acima, é muito importante consultar um médico dermatologista para saber quais são as causas reais da queda, e ainda quais são todos os cuidados que precisam ser tomados. Após isso, aproveite todos os benefícios que os remédios naturais podem proporcionar ao seus fios.

Blog Naturemed