Nenhum produto encontrado nessa categoria.

Óleo de Argan

 

No mundo da beleza, o óleo de Argan é tão benéfico e possui uma infinidade de utilidades que muitas vezes ele é referido como um tipo de “ouro líquido". Esse apelido carinhoso vem, claro, não apenas de sua cor dourada ou mais aproximada do âmbar, mas vem também das ricas propriedades e formas valiosas que estão presentes no óleo de Argan, e que pode beneficiar significativamente seu cabelo, pele e rosto.

 

Embora, possa parecer que o óleo de Argan tenha ganhado toda essa fama no cenário da beleza há apenas algumas décadas atrás, as mulheres de outras culturas, como as marroquinas, vêm produzindo e utilizando os benefícios do óleo de Argan há milhares de anos. Normalmente, ele é bastante encontrado em diversos produtos do mercado, como em shampoos e máscaras capilares. 

 

Mas, quando a gente fala em ser utilizado na pele, pessoas que ainda não conhecem sua eficácia ficam, naturalmente, com um pé atrás. É por isso que neste texto queremos evidenciar os grandes benefícios do óleo de Argan não só para o cabelo, mas também para a pele e saúde em geral! E por essas propriedades existirem de fato, saiba o que é, para que serve o óleo de Argan, e as suas formas de uso, confira!

 

O que é o Óleo de Argan?

O óleo de Argan é feito dos grãos que crescem nas árvores de Argan, essa árvore é nativa do Marrocos. O óleo é mais frequentemente vendido como óleo de Argan puro, que pode ser aplicado topicamente diretamente na pele ou ingerido a fim de proporcionar diversos benefícios à saúde. Ele pode ser ingerido em forma de cápsula de suplemento para ser tomado por via oral, sobre isso falaremos mais a frente. 

 

O óleo de Argan também é comumente misturado a uma série de produtos cosméticos, como os shampoos de óleo de Argan, sabonetes e condicionadores. Isso porque esse poderoso extrato tem sido tradicionalmente usado tanto por via tópica quanto oral para melhorar a saúde da pele, cabelo e unhas. 

 

Sendo um produto cosmético e comestível, obtido pela prensagem da amêndoa contida nas frutas após a secagem ao sol, o óleo de Argan contém diversas propriedades benéficas e vitaminas diferentes, que formam uma combinação poderosa para aumentar a saúde da pele em especial, mas que também pode ser um bom aliado para a saúde, com todas as suas propriedades.

 

Com vitaminas, minerais, ácidos graxos e antioxidantes em sua propriedade, o óleo de Argan traz inúmeros benefícios importantes para a pele. E alguns desses benefícios podem incluir a manutenção da elasticidade e prevenção do envelhecimento prematuro. Graças às suas propriedades nutritivas, a pele fica mais viçosa, carnuda, com um aspecto mais jovial e radiante.

 

Quais os nutrientes do Óleo de Argan?

Mas, quais são os principais nutrientes do óleo de Argan? Esse óleo é rico em antioxidantes e vitaminas, e os benefícios podem melhorar a elasticidade dos fios, dando um brilho luminoso e contribuindo para a renovação dos cabelos contra danos causados tanto pelo calor, quanto pela oxidação ou excesso de escova e química. 

 

Por essa ação contra elementos que causam tensão nos cabelos, existem muitos shampoos com óleo de Argan, que são indicados para cabelos afro ou ressecados. Segundo um estudo marroquino - local onde existe maior concentração deste óleo - foi possível constatar ainda que o óleo de Argan é bastante efetivo na hidratação de pele não só comuns, mas também de mulheres maduras, pós-menopausa. Conheças melhor os seus nutrientes:

 

Vitamina E: O óleo de Argan é riquíssimo em vitamina E, e não apenas isso, mas essa vitamina está presente 3 vezes mais do que qualquer outro óleo vegetal ou vitamina, sendo uma das principais vitaminas importantes para a nutrição dos fios, dando vida à eles. Para quem tem problemas intermináveis com quedas de cabelo ou pontas duplas, a vitamina E presente no óleo de Argan, ajuda no fortalecimento e no brilho dos cabelos.

 

Ômega 6: O ômega 6 é um dos principais ácidos graxos que ajudam na redução de triglicérides e do colesterol ruim. E porque é tão importante seu consumo? A sua atuação está também em diversos outros sistemas do corpo. Uma vez que suas ricas propriedades estão presentes no óleo de Argan, é um grande benefício para quem os consome.

 

Para que serve o Óleo de Argan?

Como vimos mais acima, o óleo de Argan é um óleo natural extraído dos grãos da árvore de Argan. Por ser riquíssimo em ácidos graxos e antioxidantes, o óleo de Argan é frequentemente utilizado em cuidados com a pele em geral, por ser natural, ele é livre de produtos com químicas, que normalmente são utilizados na pele. Mas, o óleo de Argan puro também é bastante usado para a manutenção da boa saúde, através da culinária e em diversas pesquisas constatou-se, que seu consumo tenha benefícios médicos, incluindo o tratamento de hipertensão e diabetes.

 

O óleo de Argan, ao contrário de diversos óleos, que também podem ser utilizados na pele, é perfeito para uso em todos os tipos de pele. Isso porque ele é embalado com ácidos graxos ômega 6 e vitamina E, e ainda em ácidos linoléico, todos esses são os principais nutrientes que atuam para uma hidratação levemente da pele, suavizando manchas secas e até mesmo reduzindo a acne.

 

Outros benefícios do Óleo de Argan:

O óleo de Argan é comercializado para diversos fins. Por seus diversos benefícios, o principal deles é seu uso em cuidados com os cabelos e tratamentos para a pele. Nos últimos anos, esse óleo se tornou tão popular em cosméticos, que o governo marroquino criou estratégias para aumentar o cultivo de árvores de Argan.

 

Esse não é só popular devido aos usos culinários do óleo de Argan, e os principais consumidores não são apenas atraídos por seu sabor suave e picante, muito próximo do gosto do óleo de semente de abóbora, mas também por seus inúmeros benefícios à saúde em geral. Aqui estão alguns dos principais benefícios do óleo de Argan:

 

Cuidados com a pele: Diversos especialistas já afirmaram que o óleo de Argan pode tratar uma ampla gama de doenças de pele, e isso inclui a acne, eczema, a psoríase, diversas queimaduras e infecções de pele. A alta concentração de antioxidantes presentes nas propriedades do óleo de Argan, trouxe afirmações de que esse óleo pode combater o envelhecimento, neutralizando os radicais livres que danificam as células.

 

Especialistas e dermatologistas também afirmaram que os ácidos graxos ômega-3, encontrados no óleo de Argan, podem aumentar a produção de colágeno e da elasticidade da pele, reduzindo assim as linhas finas e rugas. Além de seu uso em cremes para a pele, loções e máscaras faciais, há também um grande benefício do óleo de Argan para cabelo.

 

Cuidado capilar: O óleo de Argan pode melhorar significativamente não só estética do cabelo, mas ele como um todo. Isso porque os nutrientes presentes suas propriedades, ajudam a evitar os possíveis danos à cutícula externa da haste do cabelo, preservando os pigmentos naturais que dão cor ao cabelo.

 

Foi isso, que disse em um estudo feito no Brasil cerca de 5 anos atrás, que identificou o óleo de Argan, como um poderoso agente nas melhorias para os cabelos e na resistência e retenção de tinta após diversos tratamentos e colorações capilares, uma vez que as colorações podem agredir muito o cabelo, o óleo de Argan tem um efeito protetor quando comparado aos condicionadores de cabelo comerciais.

 

Usos terapêuticos orais: Diversos especialistas também acreditam que o consumo de óleo de Argan pode ajudar a tratar ou prevenir inúmeras condições médicas, e elas podem ser a pressão alta a diabetes, a epilepsia e a aterosclerose. Essa alegação é mediante aos nutrientes encontrados nas propriedades do óleo de Argan.

 

E um estudo de 2013 concluiu, que o uso de óleo de Argan em pessoas com diabetes obteve satisfatoriamente bons resultados ao reduzir significativamente o açúcar no sangue, diferentemente de pessoas que não foram tratadas. Além disso, o uso do óleo de Argan via oral também pareceu estabilizar a pressão arterial, algo que não ocorreu com pessoas não tratadas.

 

Tem efeitos anti-envelhecimento: Não é de hoje que o óleo de Argan possui sua fama, ele é utilizado há muito tempo como um tratamento para o anti-envelhecimento. E isso está de acordo com um estudo feito com mulheres participantes do estudo, que estavam em períodos de pós-menopausa, sendo capaz de comprovar todos esses benefícios do óleo de Argan.

 

Os especialistas e pesquisadores deste estudo ainda descobriram que uma combinação de óleo de Argan oral e cosmético pode dar um aumento significativo na elasticidade da pele das participantes. E isso forneceu um tratamento anti-envelhecimento muito eficaz. Assim, é possível que você obtenha todos esses benefícios aplicando óleo de Argan diretamente na pele, tomando suplementos orais regularmente ou ambos.

 

Quais as formas de uso e como tomar?

Por ser considerado um óleo raro e com inúmeros benefícios, o óleo de Argan pode ser dissolvido em óleo mineral ou também adicionado a produtos cosméticos. Isso se deve, em partes, ao fato de que, esse é o óleo comestível mais caro e mais eficaz de todo o mundo. No entanto, utilizar o óleo de Argan puro, pode trazer ainda mais benefícios e é uma alternativa completamente natural para hidratar a pele ou umectar os cabelos.

 

O óleo de Argan se torna uma excelente opção para quem deseja benefícios, seja através de suplementos ou através do uso do óleo de Argan puro. Muitas vezes, não haverá nenhuma diferença perceptível entre os dois, nem mesmo o preço, uma vez que, os fins de seus benefícios, são bem parecidos à saúde. Portanto, saindo como tomar esse poderoso óleo: 

 

Óleo extravirgem: O óleo de Argan pode ser encontrado extra virgem, ou seja, puro, e por isso pode ser usado topicamente na pele, tanto com algum hidratante de preferência ou apenas ele diretamente na pele. Eles podem ser aplicados no cabelo (junto com máscaras), unhas e lábios. Uma pequena aplicação do óleo de Argan nesses lugares, garantem um excelente resultado para a pele e fios.

 

Via oral: Com os mesmos benefícios e resultados, o óleo de Argan também pode ser encontrado em cápsulas, que são normalmente manipuladas conforme recomendação médica. Mas a suplementação de óleo de Argan, também pode ser encontrada de forma extra virgem, e você pode achá-lo em diversas casas de produtos naturais. A recomendação médica é de geralmente cerca de até duas cápsulas do óleo de Argan diariamente, com o uso entre as refeições, para assim se obter todos os seus benefícios para o nosso organismo.

 

Tem efeitos colaterais e contra-indicação?

O óleo de Argan é geralmente considerado bastante seguro, para uso pela maioria das pessoas. Por ser extraído de origem natural, ele é livre de maiores perigos em seu uso. Algumas pessoas específicas, no entanto, podem experimentar alguns efeitos colaterais menores, como resultado de seu uso. 

 

Para pessoas que possuem alergia a nozes, se o óleo de Argan for usado topicamente, eles podem apresentar algum certo tipo de irritação na pele, causando a formação de erupções cutâneas ou até mesmo acne. Mas esse tipo de reação é mais comum em pessoas com alergias, para evitar isso, você deve testar o óleo de Argan em um pequeno pedaço de pele, facilmente escondido para ter certeza de que não irrita sua pele.

 

Ainda falando de pessoas que possuem alergia, se ingerido por via oral, o óleo de Argan pode causar alguns certos problemas digestivos, incluindo náuseas, gases ou diarreia. Mas isso são casos isolados, de pessoas que possuem alergia na maioria das vezes a nozes. Pode ser que, ainda em casos muito raros, as pessoas podem sentir efeitos colaterais mais graves com o suplemento oral de óleo de Argan.

 

Isso pode inclui confusão, dificuldade para dormir, mal-estar geral, super excitação, depressão e agitação. Se você tiver algum desses sintomas, procure o seu médico e pare de tomar óleo de Argan imediatamente. Em todo o caso, a recomendação é sempre fazer um acompanhamento médico durante qualquer suplementação, para que um resultado eficaz seja apresentado e problemas maiores sejam evitados.

Blog Naturemed