• Maxx Carnitine da Melcoprol você encontra para comprar na Naturemed. O Maxx é um nutriente L-Carnitina é utilizado por quem pretende melhorar o condicionamento físico rapidamente.
    Melcoprol
    Product ID: 242
    Product SKU: 242
    New In stock />
    Maxx Carnitine - 120 Cápsulas - Melcoprol
    • -19% OFF
    Maxx Carnitine - 120 Cápsulas - Melcoprol

    Maxx Carnitine - 120 Cápsulas - Melcoprol

    De:R$61,90
    Por: R$ 49,90
  • Maxx Carnitine da Melcoprol você encontra para comprar na Naturemed. O Maxx é um nutriente L-Carnitina é utilizado por quem pretende melhorar o condicionamento físico rapidamente.
    Melcoprol
    Product ID: 699
    Product SKU: 699
    Maxx Carnitine - 60 Cápsulas Melcoprol
    • -18% OFF
    Maxx Carnitine - 60 Cápsulas Melcoprol

    Maxx Carnitine - 60 Cápsulas Melcoprol

    Esgotado!

L-Carnitina

 

A L-Carnitina é um derivado de aminoácido muito importante para o bom funcionamento de todo o corpo, ele ocorre naturalmente e é tomado geralmente como suplemento. Com o objetivo de perder gordura, na maioria das vezes, diversas pessoas podem ir a extremos. Muitas delas costumam seguir uma nova dieta da moda, iniciar exercícios com um pouco de cardio em seu treino ou até mesmo tomar algumas pílulas milagrosas sem indicação médica, tudo isso prometendo uma rápida perda de gordura corporal.

 

Já sabemos que, nos tempos atuais, o estilo de vida saudável se tornou necessário para a sociedade. Seja por recomendação médica ou estética, a prática de exercícios se tornou fundamental para o maior desenvolvimento de uma boa saúde e ainda, atuando na prevenção de problemas futuros indesejados, como doenças, dores, fraqueza, entre outros. Os suplementos de L-carnitina são hoje bastantes conhecidos por ajudar no aceleramento da perda de gordura e melhorar a massa muscular e óssea no corpo. Eles também são muito importantes para estimular a recuperação pós-exercício intenso e na redução ao mínimo os danos musculares.

 

Mas qual o real benefício oferecido pela L-Carnitina à saúde neste sentido? E se você pudesse comprar um suplemento que realmente fosse comprovado em eficácia na ajuda para queimar gordura, e ainda convertendo ela em energia? Existe um suplemento que pode ajudá-lo a fazer isso, e é conhecido como o suplemento L-Carnitina. Diversos especialistas trabalharam durantes anos através de estudos para comprovar como realmente a L-Carnitina funciona, e como ela pode ser considerada segura e eficaz.

 

Em todo o caso, a L-Carnitina, por todos os seus benefícios, é hoje uma das principais opções para o tratamento em diversas áreas da saúde. Com isso, a suplementação é um importante auxiliar em todo esse processo, principalmente quando os objetivos são mais energia nos treinos e emagrecimento. Neste texto de hoje, traremos  informações detalhadas sobre os benefícios da L-Carnitina, bem como para que serve e se ele realmente pode contribuir para o emagrecimento.

 

O que é L-Carnitina?

Primeiramente, é necessário compreender de forma bastante aprofundada sobre o que é a L Carnitina. Sendo um importante aminoácido, com funções inquestionáveis sobre o corpo, ela é formada naturalmente no fígado, mas para que ele possa ser produzido, é necessário que em seu corpo exista mais dois aminoácidos, os quais são chamados de lisina e metionina, e eles podem ser encontrados principalmente no consumo de alimentos como carne vermelha e peixes como salmão, atum e sardinha.

 

Uma vez que este aminoácido é produzido pelo seu corpo, a L-Carnitina é armazenada no seu coração e cérebro. Entretanto, o organismo produz uma quantidade insuficiente do nutriente. Por isso diversas pessoas já estão optando por uma suplementação para obter as vantagens oferecidas por ele. Isso porque a L-Carnitina é benéfico e amplamente essencial para diversas funções vitais dentro do corpo, mas ele está mais comumente relacionado à produção de energia celular.

 

Para entender melhor o que é a L-Carnitina, ele é um aminoácido que pode ser encontrado em, basicamente, quase todas as células do corpo. Seu nome na verdade é um genérico para uma variedade de compostos como por exemplo a L-Carnitina, acetil-L-carnitina e propionil-L-carnitina. Estes três compostos são de certa forma quimicamente semelhantes e alguns de seus benefícios geralmente são considerados um dos mais importantes para o bom funcionamento geral do corpo.

 

Porém, eles podem ter algumas estruturas distintas de ação e usos. Por exemplo, a ação do acetil-L-carnitina consiste em geralmente ser utilizado para melhorar o funcionamento e a cognição das funções do cérebro. O L-Carnitina é usada para aumentar os níveis de energia e o desempenho físico. Já o Propionil-L-carnitina é utilizado para aumentar a circulação.

 

Alguns cientistas e pesquisadores que estudam aprofundadamente os mais variados aminoácidos, apontam que, todas as formas de suplementos de L-Carnitina podem desempenhar um papel bastante vital na produção de energia. Diversos desses pesquisas evidenciaram que a carnitina pode ajudar a transformar toda a gordura corporal em energia. E ainda pode atuar eliminando os diversos compostos tóxicos das mitocôndrias para impedir o seu acúmulo.

 

Ainda sobre tudo o que foi dito para a respeito do que este aminoácido serve, podemos destacar também que a suplementação de L-Carnitina pode, de forma bastante considerável, ajudar a equilibrar as deficiências existentes no organismo destes aminoácidos, especialmente para pessoas que vivem com um estilo de vida e dieta à base de plantas e, não recebem quantidades suficientes delas em produtos de origem animal, por exemplo. Existem ainda algumas pessoas que possuem  certas condições genéticas que dificultam a produção de L-Carnitina e podem se beneficiar da suplementação de L-Carnitina.

 

Quais os principais nutrientes da L-Carnitina?

Como vimos, a L-Carnitina tem uma função fundamental na produção de energia para o corpo, isso porque ela age no transporte da gordura para a sua queima, assim, sendo possível ser utilizada como fonte de energia para as diversas atividades físicas. Desta forma, é possível que ela também auxilia na perda de peso, e contribua para a definição muscular. Mas quais são os principais nutrientes da L-Carnitina? Saiba quais são eles e suas principais funções:

 

Vitamina B3, B5 e B6: Vitaminas do complexo B são muito importantes na contribuição para a hipertrofia dos músculos. Alguns nutrientes presentes na L-Carnitina, como B3, B5 e a vitamina B6, ajudam, de forma bastante significativa, em uma maior digestão de carboidratos, de gorduras e principalmente das proteínas. Como o complexo B tem uma função importante em transformar todos os alimentos em energia, ele acaba sendo bastante benéfico e utilizado na hora do treino. Com o corpo possuindo cada vez mais energia e nutrientes, os resultados são melhorias em todo o rendimento.

 

Vitamina B12: A Vitamina B12 é uma das vitaminas que desempenham um dos papéis mais importantes para o bom funcionamento do organismo, mas em contrapartida, ela é também uma das mais complexas. Atuando no fortalecimento do sistema imunológico e na formação de células vermelhas do sangue, essa vitamina pode proporcionar diversos benefícios ao organismo. Fazer a suplementação de L-Carnitina, na qual possui este poderoso nutriente, pode ser bastantes simples de incluir em dietas e rotinas no dia a dia.

 

Vitamina C: Todas essas vitaminas aqui mencionadas são amplamente essenciais e desempenham diversas funções importantes em nosso organismo. Porém, a vitamina C é uma das mais famosas dentre todas elas, isso porque ela está intimamente associada à prevenção de diversas doenças relacionadas ao sistema imunológico. A prática intensa de exercícios físicos, pode gerar o estresse oxidativo do organismo, com sua composição presente na L-Carnitina, sua ação é importante para eliminar os radicais livres da oxidação.

 

Para que serve a L-Carnitina?

A L-Carnitina serve e pode desempenhar um papel bastante significativo em todo o organismo, como por exemplo para o aumento e melhorias no metabolismo do seu corpo. Isso é feito melhorando as funções estruturais das células, aumentando toda a energia celular. Diversos atletas utilizam os compostos da L-Carnitina para a queima de gordura, mas eles ainda podem obter diversos outros benefícios como de uma recuperação fácil da àrea muscular, isso porque a maior parte deste aminoácido presente no corpo, é armazenada nas células musculares.

 

A suplementação de L-Carnitina pode, de forma conjunta, contribuir para o acúmulo das reservas de glicogênio, desse modo ele pode atuar fazendo com que a pessoas que faz a suplementação deste aminoácido possa obter maior resistência e força, e ainda, como objetivo de alguns esportistas, alcançar, progressivamente, o ganho de massa muscular. Ele ainda pode atuar facilitando significativamente toda a recuperação após a prática de exercício físico e proteger o cérebro contra os diversos danos causados com a chegada da idade, como o Alzheimer por exemplo.

 

Outros benefícios que podem ser adquiridos através suplementação de L-carnitina também consiste em contribuir em melhorias sobre a cognição e toda a função cerebral. Normalmente, algumas pessoas podem perceber uma diferença na concentração ao fazer o uso deste aminoácido de forma regular, e de forma bastante especial se, em sua dieta não conter a L-Carnitina. Além disso, os suplementos de L-Carnitina são totalmente livres de estimulantes, isso quer dizer que, em sua composição, não contém substâncias como a cafeína ou outros estimulantes encontrados em diversas bebidas.

 

As funções de suplementação da L-Carnitina ainda podem ser diversas, mas depende muito do produto suplementar  que a pessoa adquirir, bem como a sua composição. Citamos aqui ao longo do texto de como a L-Carnitina pode ser sintetizada no corpo humano. Porém, é muito importante frisar que, a quantidade produzida somente pelo corpo não é suficiente para que as reais metas desejadas por atletas e praticantes de exercício físicos que visam resultados maiores sobre o corpo possam ser obtidas.

 

Por isso, ainda destacamos que, a ingestão de L-Carnitina serve, além de contribuir para o emagrecimento, ele pode ainda ajudar nas melhorias de performance nos treinos do dia a dia, o resultados podem ser a garantia de uma maior intensidade e menos cansaço. Além disso, também possui a importante função de oxidação dos ácidos graxos, promovendo melhorias sobre os processos de respiração celular.

 

L-Carnitina emagrece?

Todos os benefícios aqui descritos a respeito deste aminoácido garantem que sim, realmente a L-Carnitina pode ajudar e auxiliar na perda de peso. A sua ação consiste em uma eliminação de gorduras para a produção de energia, ou com outras palavras, durante o exercícios físicos, são realizadas uma maior liberação de calor pelo corpo, que resulta em queima de gordura. Por isso, a suplementação de L-Carnitina, quando combinada com uma dieta rica e balanceada, tende a fornecer resultados ainda melhores para alcançar as metas de forma rápida.

 

Entretanto, ainda existem alguns questionamentos sobre a L-Carnitina, se ela realmente emagrece ou não, porém, neste tópico trazemos informações importantes respondendo à essa pergunta, afirmando, com base em algumas pesquisas que o suplemento de L-Carnitina pode contribuir significativamente na queima de gorduras, uma vez que ela auxilia a movimentar os ácidos graxos nas células, gerando assim boas fontes de energia no organismo. Dessa maneira, existe uma capacidade de queima de gordura é aumentada de forma significativa.

 

Para entender melhor, a ação da L-Carnitina trabalha transportando os ácidos graxos existentes nos alimentos para as estrutura das células. Quando dentro, eles então podem ser convertidos em energia. E assim que é possível queimar todas as gorduras reservas em seu corpo durante os treinos e, ao mesmo tempo, isso pode evitar também tanto a falha muscular nestes exercícios, quanto a fadiga e a sensação de lentidão e cansaço que diversas pessoas geralmente enfrentam, de forma especial durante a fase de dieta.

 

Segundo um estudo desenvolvido com a participação de algumas mulheres que se exercitaram cerca de quatro vezes por semana, não obtiveram nenhuma diferença na perda de peso, diferentemente daquelas que tomaram L-Carnitina durante este período que tiveram resultados significativos. Um outro estudo monitorou o efeito da suplementação da L-carnitina na queima de gordura durante um treinos específicos de bicicleta por cerca de 45 minutos.

 

Resultados obtidos ao fim de todas a semanas foram de que o uso de suplementos da L-Carnitina aumentaram, de forma significativa, a queima de gordura. Mais pesquisas ainda são necessárias para confirmar todos os benefícios da L-Carnitina em uma pessoas que possuem pouca idade e que já são bastante ativas. Mesmo que a L-Carnitina seja benéfica para ajudar na perda de peso em pessoas que possuem maior peso ou com idades mais avançadas, uma dieta balanceada e a prática constante de exercícios, ainda que em combinação com essa suplementação, devem estar sempre em primeiro lugar.

 

Outros benefícios da L-Carnitina:

Como mencionado ao longo de todo o texto, foi possível perceber os enormes benefícios proporcionados pela L-Carnitina, sendo ela uma excelente opção como um tratamento para muitas condições já aqui mencionadas, é importante destacar também que este aminoácido pode proporcionar ainda tantos benefícios para diversas outras condições, sempre observados por sua rica composição de nutrientes.

 

As doenças mais graves, sobretudo, podem precisar de um tratamento médico mais convencional, e, neste caso, é necessário que você converse com o seu médico antes de iniciar o tratamento com a L-Carnitina. Algumas dessas outras condições nas quais este aminoácido pode ser benéfico são:

 

Exercício e Recuperação: Com todas as suas potenciais capacidades mencionadas aqui a respeito da queima de gordura, a L-Carnitina pode otimizar, significativamente, como seu corpo pode utilizar gordura como combustível, e isso permite que você possa se exercitar por um tempo mais prolongado. Algumas pesquisas sugeriram que que a suplementação de L-Carnitina reduzir grandemente os danos musculares originados de exercícios de alta intensidade.

 

Diabetes tipo 2: A L-Carnitina também pode contribuir para a redução dos sintomas da diabetes tipo 2, bem como todos o seus fatores de risco que estão associados. Segundo um estudo feito com pessoas que possuem diabetes tipo 2, e que estão em uso de medicamentos antidiabéticos, pode ser observado que os suplementos de L-Carnitina reduziram significativamente os níveis de açúcar no sangue, se comparado com um o outros medicamentos já utilizados.

 

Doença de Alzheimer e comprometimento da memória: As evidências a respeito dos benefícios do L-Carnitina para tratamentos como a doença de Alzheimer se dá principalmente em retardar a progressão dessa doença, pois ela atua no processo degenerativo das células, evitando o surgimento de doenças degenerativas, aliviando os sintomas de demência e dificuldade de melhorias na memória em idosos.

 

Disfunção erétil: Outro benefício na qual a L-Carnitina pode atuar é sobre problemas com disfunções eréteis. Alguns estudos preliminares evidenciaram que a propionil-L-Carnitina pode contribuir, de forma significativa, nas melhorias sobre a função sexual masculina. Um outro estudo ainda pode perceber que a L-Carnitina em combinação com o propionil-L-carnitina e acetil-L-carnitina, evidenciou grandes melhorias na eficácia do Viagra em homens com condições de disfunção erétil após cirurgia de próstata.

 

Quais as formas de uso e como tomar?

A L-Carnitina geralmente é recomendada para pessoas que seguem o estilo de alimentação vegetariano. Contudo, pode ser usado por qualquer pessoa para garantir maiores níveis de energia e contribuir para o emagrecimento. A exatidão da quantidade pode variar de acordo com o peso corporal e frequência de atividades físicas. Portanto, é muito importante consultar um médico, pois apenas um profissional da saúde especialista em nutrição poderá estabelecê-la. As formas de consumo desse aminoácido pode ser:

 

Em pó: Uma maneira prática de consumir a suplementação de L-Carnitina é através do seu pó, em que pode ser utilizada em forma de chá. Ela possui cerca de algumas principais concentrações, como 1000mg, 1500mg e 2000mg. A indicação de uso para cada concentração precisa ser de acordo com a recomendação do seu médico, mas geralmente tomar 1/2 colher de chá (cerca de 2g) deste suplemento com água, antes de iniciar os treinos pode ser suficiente.

 

Cápsula: O uso deste suplemento em cápsula, além de ser prático, pode bastante benéfico por sua quantidade ser concentrada. A versão de L-Carnitina em cápsulas é geralmente encontrada em uma concentração de 500mg por dose. Mas, segundo a indicação de profissionais de saúde, o uso é de 3 a 4 cápsulas de 500mg, por dia para obter melhores e satisfatórios resultados. É muito importante que, antes de consumir o este produto, que uma consulta com um médico ou nutricionista possa ser feito.

 

Comprimido: Uma outra forma de ingestão facilitada são os comprimidos de L-Carnitina,  e ainda são recomendados fazer o uso deste suplemento em horários próximo a alimentação, para que assim haja uma maior facilidade na oxidação da gordura em energia. Ele também pode ser consumido meia hora antes de iniciar as atividades físicas, isso porque sua ação consiste em liberar energia para maior quebra de gordura. A dosagem de L-Carnitina recomendada é de ingerir um comprimido por dia, entre as principais refeições.

 

Quais os efeitos colaterais?

Geralmente, os efeitos colaterais da L-Carnitina são leves e bem raros. Alguns dos principais efeitos mencionados foram vômitos, diarreia, um odor corporal semelhante ao cheiro de peixe, algumas cólicas abdominais e náuseas. Os efeitos colaterais mais graves (e os mais raros) que podem ocorrer geralmente são convulsões e certos tipos fraquezas musculares em pessoas que são propensas a doenças cardíacas.

 

Por ser um produto com objetivo de aumentar os níveis de vitaminas já existentes, a suplementação de L-Carnitina não possui efeitos colaterais grandes ou graves relatados. Entretanto, os casos encontrados estão basicamente relacionados a um consumo de forma errada e em excesso desse aminoácido, podendo acarretar sintomas como problemas no sistema digestório e os outros efeitos mencionados acima.

 

Mesmo que seu uso seja indicado para diversas pessoas, é muito importante consultar um médico antes de iniciar um tratamento com a L-Carnitina, isso porque, é necessário verificar possíveis alergias ou restrições. Além disso, a L-Carnitina é contraindicado para pessoas que possuem anemia crônica ou falciforme, algumas pessoas propensas a convulsões, gestantes ou mulheres em fase de amamentação. Com o olhar para a segurança da suplementação de L-Carnitina sobre o organismo, foram obtidas amplamentes seguras para o seu consumo.

Blog Naturemed