Nenhum produto encontrado nessa categoria.

Gengibre

 

O Gengibre é uma planta medicinal, que tem se tornado cada vez mais destaque, dentre as demais, principalmente por atuar no emagrecimento. Além disso, ele é responsável por auxiliar no tratamento da má digestão, azia, enjôos, colesterol alto, artrite, tosse, gastrite, dores musculares, pressão alta e problemas de circulação sanguínea.

 

Ainda, o Gengibre, além dos benefícios, contribui acrescentando sabor a inúmeras receitas, sendo um verdadeiro aliado na cozinha. Dessa forma, ele garante não só que o sabor esteja destacado na comida, mas que as propriedades benéficas à saúde estejam presentes, auxiliando na manutenção e fortalecimento da saúde.

 

Ademais, esse alimento possui importantes propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Dessa forma, há inúmeras versões de consumi-lo, como chá de gengibre, água com gengibre, gengibre em pó e a própria forma in natura encontrada no pé de gengibre, e ainda, a versão em cápsulas, podendo atender os mais diversificados gostos.

 

Por fim, muitas pessoas ainda não conhecem, todos os benefícios proporcionados por esse alimento. Dito isso, preparamos esse post, especialmente para você ficar por dentro de todas as vantagens proporcionadas pelo Gengibre e aproveitá-las ao máximo, portanto, continue lendo para que isso seja possível!

 

O que é Gengibre?

O Gengibre, ou Zingiber officinali, é uma planta medicinal com sabor apimentado, oriundo da Índia, China, Jamaica e outras regiões tropicais. Ademais, ele também é conhecido como mangarataia na região norte do Brasil, tendo muito a agregar na manutenção da saúde humana.

 

Ainda, é uma planta muito consumida para o emagrecimento e combate a dores, além de atuar no combate e prevenção a outras doenças. Dessa forma, tal efeito se deve às importantes propriedades anti-inflamatórias, vasodilatadoras, digestiva, anticoagulante, antiespasmódica, antiemética, analgésica e antipirética presentes no Gengibre.

 

Desse modo, tendo em vista o momento de pandemia em que estamos vivendo com o Covid-19, o Gengibre apresenta propriedades fundamentais para lidar com esse vírus, principalmente devido às propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Sendo assim, o Gengibre pode ser muito mais necessário do que você imagina!

 

Quais os nutrientes do Gengibre?

Como vimos, o Gengibre é rico em benefícios, que são proporcionados pela riqueza de nutrientes presentes na composição desse alimento. Dito isso, sem dúvidas consumi-lo irá auxiliá-lo na manutenção da sua saúde e enriquecê-lo com inúmeras vantagens ao seu organismo, de acordo com as propriedades de cada nutriente.

 

Diante disso, é possível dizer que a riqueza de nutrientes, faz do Gengibre um alimento extremamente necessário, principalmente em tempos de pandemia. Dessa forma, faz-se preciso torná-lo um alimento conhecido, para que o máximo de pessoas consiga aproveitar suas vantagens e fortalecer, principalmente o sistema imunológico.

 

Portanto, antes de entender e tomar conhecimento de quais são os benefícios do Gengibre e em quais aspectos ele pode te ajudar, é preciso conhecer quais os nutrientes que proporcionam essas vantagens. Pensando nisso, preparamos uma lista exclusiva com os nutrientes do Gengibre para que você possa conhecê-lo ainda mais. Confira-a seguir!

 

Cálcio: O cálcio exerce importantes funções na formação de ossos e dentes, coagulação sanguínea, ativação de enzimas, contração muscular e condução de impulsos nervosos. Dessa forma, é um mineral muito necessário para a manutenção da saúde humana.

 

Fibras: As fibras exercem funções de extrema importância no organismo, como a redução dos níveis de glicose no sangue, diminuição da pressão e de lipídios e, por fim, prevenção contra problemas crônicos, como doenças cardiovasculares, diabetes melito e câncer de cólon. Ainda, chegam ao intestino grosso, sem sofrerem degradação, dessa forma, sofrem fermentação nessa região e provocam alterações na velocidade do trânsito intestinal, alteram o pH do cólon, promovem o crescimento de bactérias benéficas e atuam em outras funções fisiológicas.

 

Gingerol: O gingerol é o principal composto ativo do gengibre e possui atividades anticancerígenas por seu efeito em vias biológicas.

 

Fósforo: O fósforo está presente em todas as membranas celulares do organismo humano, além de integrar a estrutura de ossos e dentes, participar ativamente do metabolismo dos glicídios e, por fim, atuar na contração muscular.

 

Vitamina C: A vitamina C é importantíssima para o organismo, uma vez que possui papel antioxidante, auxilia na manutenção das paredes dos vasos sanguíneos, manutenção da função imunológica normal, reparação de tecidos, previne o escorbuto, atua na absorção do ferro, garante melhora na fertilidade masculina, atua na defesa do organismo contra infecções e, finalmente, garante a formação das fibras de colágeno.

 

Ferro: O ferro exerce uma importante participação na composição da hemoglobina, pigmento encontrado nas hemácias e responsável pelo transporte de oxigênio; é importante para a síntese de DNA e para o metabolismo energético; além de auxiliar na conversão de β-caroteno em vitamina A e na desintoxicação de drogas no fígado.

 

Carboidratos: Os carboidratos são os principais produtores de energia do organismo humano, além disso, ainda podem atuar como reservas energéticas, em forma de glicogênio.

 

Sódio: O sódio tem como principal função, equilibrar a quantidade de água no organismo, além de participar de contrações musculares e do fornecimento de energia para o corpo humano.

 

Zinco: O zinco tem como função, o fortalecimento do sistema imunológico, além de exercer um importante papel na função neurológica, crescimento e na reprodução.

 

Tiamina: A tiamina, ou vitamina B1, é responsável pela proteção da saúde do fígado, manutenção da saúde cerebral, melhora no funcionamento do metabolismo, além de aliviar estresse e sintomas de ansiedade.

 

Riboflavina: A riboflavina, ou vitamina B2, participa da produção de energia, atua na manutenção da saúde da pele, do sistema nervoso, olhos e boca, atua como antioxidante.

 

Niacina: A niacina, ou vitamina B3, exerce importante papel na coagulação sanguínea, no metabolismo energético, controle da diabetes e ainda auxilia na produção de alguns hormônios.

 

Para que serve o Gengibre?

O Gengibre é muito conhecido por auxiliar no combate de alguns problemas estomacais, como; enjôo, perda de apetite, indigestão, gases e náuseas causadas pelo tratamento do câncer. Além disso, é responsável pela proteção do fígado e por ajudar na digestão de alimentos gordurosos.

 

Ademais, a raiz do Gengibre é comumente utilizada para o combate do mau hálito, principalmente devido a seu sabor apimentado. Por fim, ele é muito usado para o combate de dores, como artrite e dores musculares, além de auxiliar no combate a infecções do trato respiratório, bronquite, asma e tosse.

 

Gengibre emagrece?

Uma das dúvidas constantes acerca do consumo do Gengibre, é se ele de fato, emagrece. Bom, a resposta é sim! O consumo desse alimento pode sim auxiliar no emagrecimento. No entanto, você deve estar se perguntando como isso acontece, por isso, vamos explicá-lo a seguir como funciona esse processo.

 

Nesse sentido, o Gengibre é um alimento termogênico, ou seja, é capaz de aumentar o gasto calórico durante a digestão e o processo metabólico. Ainda, essa propriedade faz com que a temperatura corporal seja elevada, acelerando dessa forma, o metabolismo e potencializando a queima de gordura.

 

Outros benefícios do Gengibre:

Sem dúvidas, o Gengibre possui inúmeros benefícios, tornando-se um verdadeiro aliado na manutenção da saúde. Dessa forma, consumi-lo e introduzi-lo em sua dieta só trará vantagens a você, principalmente em tempo de pandemia, com vimos anteriormente que ele possui propriedades importantíssimas para enfrentar esse vírus.

 

Sendo assim, antes de escolher a versão que mais lhe atenderá, é preciso ter conhecimento acerca dos benefícios desse alimento, o que pode trazer á saúde do seu organismo. Por isso, preparamos exclusivamente para você, uma lista com os principais benefícios do Gengibre. Confira-os a seguir!

 

Combate azia e gases intestinais: O chá de Gengibre apresenta benefícios incontáveis e esse é um desses. O consumo desse chá pode, de fato, combater azias e gases intestinais de forma saudável, sem causar danos ao organismo.

 

Melhora náuseas e vômitos: O Gengibre auxilia no combate a náuseas e vômitos que ocorrem comumente devido à gravidez, tratamentos de quimioterapia ou nos primeiros dias após cirurgia. Isso se deve às propriedades antieméticas presentes nesse alimento.

 

Regula pressão arterial: O Gengibre auxilia na regulação da temperatura corporal, devido a sua capacidade de adaptação ao corpo. Dessa forma, ele inibe a formação de placas de gorduras nos vasos, aumentando a sua elasticidade e favorecendo a circulação.

 

Prevenção do estômago contra úlceras: O Gengibre atua na prevenção do estômago contra úlceras, uma vez que ajuda no combate à bactéria causadora H. pylori.

 

Prevenção contra o câncer: O Gengibre também é muito conhecido por atuar na prevenção contra o câncer, principalmente de estômago, uma vez que suas propriedades antioxidantes podem combater o desenvolvimento de células cancerígenas. Ainda, o gingerol auxilia no combate ao câncer.

 

Redução de inflamações: O Gengibre é muito usado principalmente no tratamento de doenças que acometem as articulações, como artrite reumatóide e osteoartrite, devido as suas propriedades anti-inflamatórias. Ademais, devido a essas propriedades, sua raiz pode ser aplicada diretamente no local da dor.

 

Redução de açúcar no sangue: Estudos apontaram que o Gengibre pode ser utilizado para redução de açúcar no sangue, uma vez que nas pesquisas realizada em portadores de diabetes tipo 2 apontou que o consumo de 1,6 gramas de gengibre em pó durante duas semanas pode melhorar a sensibilidade à insulina, reduzir triglicerídeos e colesterol total.

 

Alívio de cólicas menstruais: Um estudo realizado apontou que o Gengibre (250mg em cápsulas – 4 vezes ao dia) pode proporcionar o alívio de cólicas menstruais.

 

Prevenção contra resfriados: O Gengibre atua na prevenção contra resfriados, uma vez que seus nutrientes atuam aquecendo o corpo, auxiliando na cura de inflamações, além de ajudar no combate de febre, tosse e dor.

 

Protege o sistema nervoso: O Gengibre auxilia na proteção do sistema nervoso, visto que diminui o acúmulo das tais placas beta-amiloide e minimizam a atividade de uma enzima que degrada a acetilcolina, ou seja, melhora nas funções cognitivas e redução da perda de células nervosas.

 

Melhora a saúde da pele: O Gengibre auxilia na manutenção não somente da saúde da pele, mas também da saúde da boca e olhos. Isso se deve à presença da riboflavina, ou vitamina B2, na composição do alimento.

 

Quais as formas de uso e como tomar?

O Gengibre é uma planta medicinal muito versátil e que, sem dúvidas, proporciona inúmeros benefícios ao organismo humano, colaborando para seu bom funcionamento. Dessa forma, é indubitável, que inseri-lo em sua dieta alimentar, pode colaborar muito com a manutenção da sua saúde e atuar na prevenção e combate a inúmeras enfermidades.

 

Dito isso, o Gengibre apresenta inúmeras formas de uso para garantir o fácil acesso e que haja uma versão adequada para atender as necessidades de cada consumidor. Dessa forma, há o chá de Gengibre; água com Gengibre, que atua principalmente no emagrecimento; Gengibre em pó, em cápsulas e in natura.

 

Portanto, é preciso conhecer bem cada uma dessas versões antes de escolher a adequada para seu consumo e escolher a que mais irá lhe atender em sua rotina. Por isso, separamos uma lista exclusiva com as principais formas de uso, e também, como administrá-las, para garantir que você as utilize da maneira correta. Veja a seguir:

 

Chá de Gengibre: O chá de Gengibre apresenta benefícios diversos, sendo uma versão muito prática. Para prepará-lo é recomendado que coloque de 2 a 3 cm de raiz de gengibre em uma panela com 180 ml de água e deixar ferver por 5 minutos. Após esse processo, coe, deixe esfriar e beba até 3 vezes por dia.

 

Gengibre em cápsulas: Recomenda-se o consumo de 3 cápsulas de 500mg ao dia, preferencialmente antes das principais refeições.

 

Gengibre em pó: Recomenda-se o consumo de 1 colher (café) por dia, acompanhado de sucos ou alimentos.

 

Gengibre in natura: A versão do Gengibre in natura é a própria raiz da planta, que pode ser usada para o tratamento principalmente de dores.

 

Tem efeitos colaterais e contra-indicação?

Uma dúvida persistente é se o Gengibre faz mal e quais os efeitos colaterais. Bom, consumi-lo não faz mal, mas deve-se ficar atento para não ultrapassa as quantidades diárias indicadas, visto que pode causar refluxo estomacal, irritação na boca ou diarréia. Por isso, fique atento à recomendação de quantidade diária.

 

Ainda, deve-se evitar consumi-lo; mulheres grávidas e em período de amamentação. Portanto, antes de inseri-lo em sua dieta, busque orientação com seu medico ou nutricionista para que ele possa indicar a dosagem diária correta e identificar alguma contraindição decorrente do uso do Gengibre.

Blog Naturemed