Nenhum produto encontrado nessa categoria.

Erva Doce


Já pensou em poder emagrecer de maneira natural e simples, sem muitos gastos e com segurança de saúde garantida? Isso é possível com a Erva Doce! Seu chá é um grande agente para fornecer benefícios ao corpo humano, incluindo a perda de peso e vantagens para o seu Sistema Digestivo!


Por ser ainda comestível na culinária brasileira, fica mais fácil de obter todos esses pontos positivos que a bebida pode oferecer. Mas como ela faz isso? Quais os nutrientes presentes nela e como fazer esse chá de erva doce? Calma! Vamos responder todas essas perguntas e explicar muito mais nesse artigo!


Quer emagrecer, definitivamente, de uma vez por todas? Veja como essa planta pode te ajudar!


O que é a Erva Doce?

A Erva Doce, que também é denominada de anis-verde, anis ou pimpinela-branca, é a planta com caráter medicinal da família Apiaceae. Ela costuma ter mais de 45 metros de alturas e obtém folhas fendidas. Sua flor tem coloração branca e seus frutos possuem apenas uma semente, com um gosto bastante doce!


Além do mais, essa planta também adquire um caráter especial por ser usada para resolver problemas intestinais, além de aliviar dores. Não é de hoje que o uso de chá de Erva Doce atua na medicina. Antigamente, ela era vista como a principal medicação para as complicações citadas, já que não existiam os fármacos ainda.


Quais os nutrientes da Erva Doce?

Os maiores nutrientes do chá de Erva Doce devem ser ressaltados nesse artigo! Afinal, como falar de benefícios sem ao menos citá-los? Dessa maneira, fizemos esse tópico especialmente para abordar sobre esse aspecto da planta. Como vocês sabem, ela é benéfica para o corpo e precisamos entender.


No caso da composição química da Erva Doce, você verá que é bastante variada, contendo componentes importantes para a nutrição celular e corporal. Aqui, será possível entender (de início) como que ela auxilia no procedimento de emagrecimento. Ficou ansioso para ver? Confira abaixo nossa lista!


Potássio: É um sal mineral importante, considerado um eletrólito, que tende a se concentrar dento da célula. Para maiores informações. O potássio participa de um processo de transporte ativo na membrana plasmática, chamada de bomba de sódio e potássio. Para retirar o excesso de sódio, o potássio age na troca de posição com o elemento. Isso evita casos de hipertensão, por exemplo.


Vitamina C: Também chamada de ácido ascórbico, é uma vitamina que tem grande potencial na regeneração de tecidos e atua de maneira significativa na produção de anticorpos, melhorando a proteção do organismo. Com isso, o chá de erva doce adquire capacidade de aumentar sua imunidade e cicatrizar sua pele, mais rápido! Além de nutrir.


Ácido Málico: Um importante ácido que atua diretamente no ciclo de Krebs, etapa fundamental no processo de produção de energia celular.

 

Para que serve a Erva Doce?

A planta Erva Doce é comumente adquirida e recomendada por profissionais da saúde para obter maior aproveitamento em tratamentos que envolvem a digestão de alimentos. Ela atua na má digestão, na gastrite, no inchaço abdominal e excesso de gases. Também é utilizada para dores de cabeça e em outras regiões.


É comum observar, que os cosméticos e alguns perfumes, podem conter a Erva Doce dentro da composição. Ela é encontrada nesses produtos por apresentar um aroma agradável e obter propriedades e nutrientes que nutrem a pele, como a Vitamina C. Dessa forma, percebe-se que a planta é muito eficaz!


Erva Doce emagrece?

Uma pergunta que não quer calar: será que erva doce realmente emagrece? Pois bem! A planta erva doce, assim como qualquer vegetal, possui altos teores de fibras alimentares. Esses componentes são responsáveis por obter maior quantidade da taxa de absorção e atuam na fabricação de um gel.


Feito isso, esse gel traz maior sensação de satisfação alimentícia, por estar localizado nas paredes estomacais e oferecer diretamente para o corpo, nutrientes essenciais para a nutrição completa. Com isso, você tende a comer menos, porém sem prejudicar sua saúde. Seguro, natural e excelente!


Pensa que acabou? Ainda há muitos benefícios para descobrir. Vem ver!


Outros benefícios do Erva Doce;

Como foi possível observar, Erva Doce traz uma maior qualidade de vida para os seus consumidores, devido ao número de nutrientes presentes em sua composição. Porém, ainda não foram citados todos os seus benefícios, ou melhor, todas as ações que realiza dentro do corpo de seu usuário.


Pensando nisso, decidimos fazer um tópico no artigo, no qual cada um dos pontos positivos será citado e detalhado, como funciona e o que traz de bom para o homem. Esses benefícios são considerados “adicionais” e nem todos são comprovados cientificamente, apenas baseados em feedbacks de consumidores. Quer ver quais são eles? Leia abaixo!


Ação Antioxidante: O chá de erva doce pode servir como um verdadeiro agente que promove a “limpeza” da circulação sanguínea. Primeiramente, esse benefício vem diretamente do extrato de suas sementes. Ele combate aos radicais livres que invadem o corpo, causando inúmeras doenças no hospedeiro.


Esses radicais livres são capazes de se ligarem nas células por via do glicocálix. Quando isso é feito, ocorre um processo de transcriptase reversa, que transforma o RNA em DNA, causando danos genéticos na célula afetada. Com isso, podemos dizer que o chá de erva doce te protege contra esses danos.


Combate fungos: As doenças fúngicas, são situações que podem causar até mesmo o óbito do paciente, se não forem tratadas. Isso porque o quadro da enfermidade piora constantemente, e diferentemente das bactérias, os fungos são mais resistentes por possuírem parede de queratina, uma camada mais dura de penetrar e quebrar.


De modo geral, a ação antioxidante também entra nesses benefícios, trabalhando na anulação das atividades dos fungos dentro do corpo humano, retardando a doença e diminuindo sua evolução. Dessa maneira, há certeza de que os benefícios do chá de Erva Doce servem para esses agentes invasores no organismo.


Diminui os sintomas da menopausa: São várias responsabilidades que o chá apresenta dentro do Sistema Endócrino do ser humano, um dos responsáveis pela produção hormonal do corpo. Com isso, muitas pessoas gostam de obter a bebida para diminuir um pouco os sintomas de problemas relacionados a esse aspecto, como a menopausa.


A menopausa é caracterizada como o período final do ciclo de menstrual geral da mulher, ou seja, é quando o corpo irá finalmente parar de eliminar a secreção. Entretanto, os sintomas de TPM são potencializados nesse período, já que ocorre uma incrível redução de progesterona. Com isso, o chá de Erva Doce trabalha na reposição hormonal, de modo que esses sintomas sejam menos intensos.


Tratamento de úlceras: As úlceras são causadas por lesões nas paredes estomacais, devido ao excesso de acidez do suco gástrico, que possui HCL (ácido clorídrico) em sua composição. Essa diminuição do pH é ocorrida pela ingestão exagerada de alimentos e bebidas que possuem grandes quantidades de sódio, como refrigerantes, pipocas, industrializados em geral.


No caso do uso de medicamento para tentar inibir esse problema estomacal, é preciso ter cautela quanto ao uso simultâneo do chá de Erva Doce, já que poderá formar uma mistura racêmica, fazendo com que ocorram efeitos colaterais em todo o corpo. Uma boa alternativa é consultar o médico responsável pelo tratamento antes.


Antidiabético: A diabetes é caracteriza como uma enfermidade que causa o excesso de glicose na circulação sanguínea. Isso se deve ao fato de que existem enzimas que fragmentam as moléculas de amido exageradamente, de maneira que cria muitas moléculas com ligações glicosídicas, aumentando a concentração.


Entre outras palavras, o chá de Erva Doce pode agir de maneira surpreendente para os portadores de diabetes, já que eles conseguem inibir cerca de, 94% das enzimas que acarretam esse excesso no sangue. Consequentemente, ela é considerada fundamental para o tratamento dessa enfermidade.


Bactericida: Existem muitas bactérias na natureza, isso é fato. Algumas podem ser bastante vantajosas para o corpo humano, como aquelas que são presentes na flora intestinal, que ajuda na absorção de nutrientes dos alimentos. Porém, também há outras causadoras de doenças sérias, levando o afetado a tomar antibióticos fortes, com riscos de efeitos colaterais.


Mas, e se falássemos que é possível ter outra maneira de resolver isso? Graças à propriedade antibiótica do Chá de Erva Doce, o número de pessoas com feedbacks positivos com o consumo da bebida apenas cresce! Ele se tornou uma alternativa natural e segura pra quem quer correr dos efeitos colaterais!


Combate as cólicas: As cólicas são ocorridas, quando os músculos de órgãos situados na área do estômago tendem obter maior contração, fora do normal. Isso faz com que muitas mulheres sintam dores extremamente fortes e incômodos sucessivos. Mas, com os benefícios e propriedades da planta Erva Doce, a situação é diferente!


Segundo os dados específicos das pesquisas sobre a Erva Doce, ela possui uma propriedade relaxante, que estimula o músculo a relaxar o mais rápido possível. Isso é fato! Por essa razão, muitos médicos recomendam a bebida como um método caseiro para desinchar e diminuir esse sintoma!


Analgésico: Há sempre uma procura por opções para tomar remédios destinados á dor, de modo que, evite a ingestão de aspirina, visto que causa muitos efeitos colaterais. Pensando nisso, uma boa alternativa é o uso da Erva Doce e seu chá, já que possui duas propriedades que chamam atenção e ganham destaque nesse tipo de problema.


A ação relaxante permite que as dores sejam diminuídas gradualmente, na medida em que ocorre a medicação fitoterápica com a planta. Depois disso, a propriedade de regular a situação hormonal, permite que o corpo produza maior quantidade de Dopamina e Serotonina, o que alivia psicologicamente essas dores.


Contra asma e bronquite: Algumas adversidades respiratórias podem ser resolvidas com o uso do chá, já que esses benefícios vêm diretamente da forma de extração das sementes do vegetal. Ela faz com que os sintomas, como a falta de ar, sejam aliviados.  


Quais as formas de uso e como tomar?

Sobre onde comprar erva doce, é preciso ter em mente que nem sempre qualquer lugar é a melhor opção para você que deseja adquirir benefícios naturalmente com o uso dos produtos. Isso porque existem mercadorias de indústrias que usam compostos adicionais para prolongar a validade. Entretanto, eles podem causar efeitos colaterais e reações alérgicas sérias.


Por isso, sempre confie em lojas de produtos naturais como a nossa! Além de o preço da erva doce ser acessível, você ainda obtém segurança durante sua compra, já que nossos produtos são feitos exclusivamente com a extração da planta! Que tal falarmos dos modos de uso e como consumir? Veja!


Chá de Erva Doce: O chá é a maneira ais popular de consumir a erva doce e adquirir os benefícios para o corpo humano, principalmente na área do estômago, resolvendo problemas como excesso de acidez no intestino, melhorando o trânsito intestinal e adquirindo circulação sanguínea adequada.


Para fazer, você irá precisar de uma colher de chá com erva doce seca e uma xícara de água. Primeiro ferva a água e depois insira a planta. Feito isso, deixe tampando e esfriando por uns 5 minutos, coar e beber. Faça isso uma vez ao dia! É interessante beber em casos de muita tosse ou catarro na garganta!


Óleo essencial: Se você quer ter benefícios pelo óleo essencial de erva doce, saiba que é muito fácil! 3 gotas servem para massagem, ação relaxante na musculatura, calmante, coriza, tosse e aromaterapia (com uma bacia de água fervida).


Tem efeitos colaterais e contraindicação?

Há alguns cuidados relacionados ao uso da Erva Doce, seja pelo chá ou óleo. A maioria dos casos de efeitos colaterais acontece mediante ao uso dos produtos em excesso, ultrapassando as quantidades adequadas para o consumo. Os efeitos são náuseas, vômitos e reações alérgicas.


Por fim, existe um questionamento: Grávidas podem tomar chá de Erva Doce? A resposta é: depende. Se for uma gestante, apenas use com a indicação de um médico ou permissão dele! O chá altera significativamente os hormônios, o que talvez não seja interessante para a gravidez. É contraindicado para portadoras de câncer de mama!

 

Blog Naturemed