Nenhum produto encontrado nessa categoria.

Erva de Bicho

 
Sabemos que, atualmente a população mundial está buscando cada vez mais alternativas naturais, para os problemas de saúde em geral. E por esse motivo acabam optando por plantas, ervas, chás e até mesmo medicamentos que tenham bases naturais que, possam auxiliar a melhorar a saúde do corpo.
 
Dessa forma, iremos falar de mais uma das maravilhas naturais. A estrela de hoje é a Erva de Bicho, esta que, é uma planta medicinal, no qual, cada vez mais vem se tornando conhecida por todos, e que vem conquistando o coração de muitas pessoas por seus diversos benefícios.
 
A Erva de Bicho é utilizada principalmente no tratamento de hemorroidas, por possuir propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes, vasoconstritoras, hemostáticas, entre outras. Quer saber mais sobre os benefícios e propriedades da Erva de Bicho? Continue acompanhando e ficará por dentro de tudo!
 

O que é Erva de Bicho?

Antes de falarmos sobre todos os benefícios da Erva de Bicho é importante entender que tipo de planta ela é. Sabemos que, ela é considerada por muitos, como: Erva de Bicho como planta medicinal, contudo, você sabe realmente o que é a Erva do Bicho?
 
Pois, bem! No mundo cientifico a Erva de Bicho é conhecida como: Polygonum persicaria, sendo uma erva anual, ramificada que pode chegar até 1,20 metros de altura, nativa do Brasil e mais cultivadas em ambientes úmidos do Sul. Tendo variações na sua denominação, no Brasil podemos dizer que, é popularmente conhecida como Erva de Bicho, pimenta d’agua, persicária cataia, pimenta do brejo, capiçoba ou até curage.
 
Além disso, a planta da Erva de Bicho pode ser encontrada facilmente em lojas de produtos naturais ou farmácias de manipulação, e pode ser usada de diferentes formas, como por exemplo em forma de pomada, comprimidos e chás. Sua ampla gama de propriedades terapêuticas, fazem com que, a Erva de Bicho seja bastante versátil em relação a sua ação medicinal, podendo ser usada contra diarreia, hemorroidas, varizes e até mesmo infecções urinárias. Todos esses benefícios serão comentados adiante, acompanhe!
 

Quais os nutrientes do Erva de Bicho? 

Como falamos, cada vez mais as pessoas estão tentando melhorar a sua vida, trocando maus hábitos em costumes que podem melhorar e ajudar o funcionamento do seu corpo, além disso a Erva de Bicho tem se tornado o queridinho aqui no Brasil.
 
Como já foi visto anteriormente a Erva de Bicho é uma planta medicinal que, pode trazer diversos benefícios e claro que, ela tem diversos pontos positivos que a planta pode nos trazer. Assim, é importante ressaltar e conhecer os compostos responsáveis por todas as maravilhas proporcionadas desse produto. A seguir comentaremos sobre os principais compostos encontrados na Erva de Bicho:
 
Taninos: Os taninos são conhecidos também como polifenóis, isso significa que, são substâncias orgânicas que combinam várias ligações de hidrogênio e oxigênio. São substâncias muito famosas por serem encontradas nas uvas, e basicamente sua função na planta é servir como um mecanismo de defesa contra pragas e predadores, isso ocorre porque contém um sabor amargo, o que acaba inibindo os insetos. Os taninos são excelentes compostos para nosso corpo, já que possui propriedades antioxidantes, o que pode ser bastante útil para nossas células em geral, ajudando também a retardar o envelhecimento.
 
Flavonoides: Os flavonoides são compostos bioativos, também do grupo dos polifenóis, são compostos encontrados em diversas hortaliças e também protegem as plantas, mas, desta vez contra danos oxidativos. Diferente dos taninos, em relação aos benefícios corporais, os flavonoides possuem varredores de radicais livres. Em nosso corpo, isso acaba protegendo tecidos e células contra os mesmos, melhorando o desempenho tecidual corporal e retardando o envelhecimento.
 
Terpenos: Os terpenos são compostos produzidos naturalmente pelas plantas através de seu metabolismo secundário. Assim, como os outros dois compostos, os terpenos também atuam na proteção da planta. Além disso, os terpenos também são responsáveis pelo aroma das plantas, mas, não é somente isso que eles fazem. Segundo estudos apontaram que alguns terpenos são capazes de promover relaxamento e alivio do estresse, enquanto outros promovem mais foco.
 
Basicamente esses são os compostos responsáveis pelos benefícios da Erva de Bicho, cada um com sua função individual em nosso organismo. Juntos são capazes de grandes feitos em nosso organismo, e acabam elevando as propriedades da planta.
 

Para que serve a Erva de Bicho?

Agora que, já sabemos o que é a Erva de Bicho e quais seus principais nutrientes, vem a pergunta mais importante, para que serve a Erva de Bicho? Pois bem! Como foi dito acima, a Erva de Bicho pode ser usada para diversas coisas, sendo sua principal utilidade no tratamento de hemorroida.
 
A Erva de Bicho para hemorroida é bastante benéfica, podendo ser utilizada como internamente ou como externamente, suas propriedades anti-inflamatórias podem aliviar bastante os sintomas, e suas propriedades cicatrizantes podem ser capazes de resolver o problema.
 
Além disso, há quem diga que as vantagens da Erva de Bicho vão muito além, e que tudo depende da maneira como se usa essa erva. Estudos apontam que a Erva de Bicho pode ser indicada no tratamento de varizes e ulceras varicosas se usada topicamente, além de, ser indicada para tratamentos como erisipela, artritismo, blenorragias entre outros. A Erva de Bicho pode ainda promover um efeito sedativo, hemostático, anti-inflamatório e descongestionante.
 

Outros benefícios do Erva de Bicho: 

Os beneficios da Erva de Bicho é indiscutível e já percebemos que, a ciência tem realizado muitas pesquisas para avaliar todos os seus componentes e efeitos no organismo, dessa forma, compreendemos que, uso contínuo do chá pode trazer vários pontos positivos para a nossa saúde e consequentemente nos favorecer em ter uma qualidade de vida melhor.
 
São vários os motivos que devemos começar a aderir o uso da Erva de bicho todos os dias no nosso cardápio. Como vimos, a erva é cheia de nutrientes capazes de trazer melhoras em varias questões do nosso corpo, além claro, de ser um produto natural sem causar danos a nossa saúde. Continue acompanhando que, vamos falar abaixo sobre todos os benefícios.
 
Má circulação e dores musculares: A ingestão do chá da Erva de Bicho ou até mesmo o uso de compressas da planta, são muito úteis para agir em dores locais, além disso, a planta possui um efeito anti hiperanalgésico que faz com que não haja uma sensibilização exagerada da dor, melhorando assim a circulação e as dores musculares no corpo.
 
Estimula o bom funcionamento do coração: A erva serve como um estimulante da corrente sanguínea, isso porque, pode acabar melhorando a função do coração e das artérias do mesmo. Além disso, ainda possui propriedades que são capazes de auxiliar na coagulação sanguínea.
 
Tratamento de acne: Suas ações anti-inflamatórias e cicatrizantes são as responsáveis por esse benefício. O uso local ou até mesmo de dentro pra fora desta erva é capaz de eliminar e ajudar na cicatrização não só de espinhas como de ferimentos superficiais da pele.
 
Tônico natural: O chá da Erva de Bicho pode ser utilizado como um tônico natural para nossa pele, aplicado sobre nossa pele, ele pode proporcionar uma limpeza local, já que possui propriedade adstringente, além de auxiliar no tratamento de dermatites, na dor e na cicatrização da mesma.
 
Cura da amenorreia: Este benefício exclusivo das mulheres, muitos se surpreendem. Muitas plantas possuem efeitos que, são capazes de desregular o ciclo menstrual da mulher, com a Erva de Bicho é diferente. A Erva de Bicho é capaz de estimular o fluxo menstrual, e em casos de amenorreia, ou seja, na ausência de menstruação pode ser utilizado sem medo. Mas, vale lembrar, que além desse, efeito de aumento do fluxo menstrual, o chá também possui efeito abortivo, e não deve ser utilizado em caso de suspeita de gravidez, por isso fique atenta. 
 
Infecção urinária: O uso da Erva de Bicho para infecção urinária ainda é bem discutido e estudado, as pesquisas feitas ainda não conseguiram concluir se realmente a Erva de Bicho serve para infecção urinária, contudo, suas propriedades são capazes de aliviar os sintomas da mesma como vimos acima, agindo como analgésico, aliviando a dor provocada pela infecção e em menor proporção como antibiótico, esperamos que, em breve os estudos possam comprovar cientificamente sobre esses tratamentos.
 

Erva de Bicho emagrece?

Seria uma maravilha que depois de todos esses benefícios, esta planta ainda fosse capaz de promover o emagrecimento, e é aí que a dúvida surge, a Erva de Bicho emagrece? Ainda não há relatos ou estudos científicos que provem a eficácia da Erva de Bicho no emagrecimento, contudo isso não quer dizer que, a erva não auxilie nesse processo.
 
Sabemos que a erva promove um efeito diurético em nosso corpo, e consequentemente isso acaba diminuindo a retenção de líquido em muitas pessoas, dando a impressão de ‘’emagrecimento’’. Essa é a única ação que explique a sensação de estar mais magro durante o consumo do produto.
 
Dessa forma, a erva é capaz sim de auxiliar na perda de liquido e consequentemente na perda de peso, mas, claro que, nenhum produto faz milagre sozinho. É necessário que junto com o consumo da Erva de Bicho seja feito o balanceamento da alimentação integrando com a atividade física, para que essas ações juntas potencializem seu efeito.
 
Por esse motivo sempre ressaltamos na importância de buscar uma orientação médica, para ajudar a programar um plano alimentar e nas mudanças de hábitos para conseguir chegar, nos seus objetivos de forma mais rápida.
 

Quais as formas de uso e como tomar? 

Vimos que a Erva de Bicho tem diversos benefícios e propriedades capazes de melhorar a nossa saúde e até mesmo ajudar em tratamentos de algumas doenças e claro que, é um produto natural facilmente encontrado seja em lojas de produtos naturais ou até mesmo em farmácias.
 
Assim, depois de todas essas informações, sempre fica a dúvida de como usar a Erva de Bicho, e é bem simples a resposta. As partes utilizadas da erva são as folhas, raízes e sementes, no qual, podemos encontrar nos locais que já citamos. Abaixo, destacaremos as principais formas de uso do produto, como:
 
Pomada: Esta pomada esta indicada para tratar problemas de pele, varizes e hemorroidas. A Erva de Bicho em pomada pode ser comprada em farmácias de manipulação ou pode ser feita em casa, para isso basta adicionar 2 colheres de folhas secas da erva, 100 ml de óleo mineral e 30 ml de parafina liquida. Depois de tudo misturado leve ao fogo baixo por 10 minutos e está pronto para uso.
 
Comprimido: A Erva de Bicho em comprimido é encontrada em lojas de produtos naturais e são indicadas principalmente para o tratamento de hemorroidas internas. Para a Erva de Bicho como medicamento, a dose recomendada são 3 drágeas ao dia, podendo ser ajustada a cada caso.
 
Chá: Esta é a forma mais comum, e a vasta gama de benefícios faz com que, seja a forma mais procurada por todos. Para fazer o chá, basta adicionar 20 g de Erva de Bicho a 1 litro de água fervente. Pode ser usado tanto para consumo oral como para banho de assento, dependendo do que é desejado.
 
A Erva de Bicho é uma planta de fácil acesso, e pode ser encontrada no mercado por um preço bem acessível, mas, vale ressaltar que, sempre se deve respeitar a dose diária de cada produto para evitar qualquer tipo de transtorno que o excesso pode causar.
 

Tem efeitos colaterais e contraindicação? 

Depois de tudo que falamos sobre a Erva de Bicho, de todos os benefícios e como toma-la, é importante buscar orientação sobre os efeitos colaterais e contraindicação dessa erva, afinal ninguém gosta de ter imprevistos, não é mesmo?!
 
Pois, bem! Os efeitos colaterais que podem vir a aparecer com o uso da Erva de Bicho, é em relação a seu uso como comprimido em excesso, pois, o medicamento pode causar secura na boca, sede, fotofobia, aumento da pressão intraocular, rubor e secura da pele, e em algumas vezes até mesmo taquicardia.
 
O uso da Erva de Bicho é extremamente contraindicado em crianças, no período de amamentação e durante a gravidez, pois, a erva possui efeito abortivo. Por isso, é importante que antes de fazer o uso de qualquer substância, tenha um acompanhamento adequado de um profissional da área, para que, não tenha efeitos indesejados durante o uso da planta.
 

Blog Naturemed