• Creatina da Melcoprol você encontra para comprar na Naturemed. A Creatina é um suplemento para ganho de massa. A creatina tem ação principal a fornecer resistência nos treinos com o aumento de força.
    Melcoprol
    Product ID: 218
    Product SKU: 218
    New In stock />
    Creatina - 60 cápsulas - Melcoprol
    • -14% OFF
    Creatina - 60 cápsulas - Melcoprol

    Creatina - 60 cápsulas - Melcoprol

    De:R$30,00
    Por: R$ 25,90
  • Creatina da Apisnutri você encontra para comprar na Naturemed. A Creatina é um suplemento para ganho de massa. A creatina tem ação principal a fornecer resistência nos treinos com o aumento de força.
    Apisnutri
    Product ID: 378
    Product SKU: 378
    New In stock />
    Creatina MonoHidratada - 60 Cápsulas - Apisnutri
    • -31% OFF
    Creatina MonoHidratada - 60 Cápsulas - Apisnutri

    Creatina MonoHidratada - 60 Cápsulas - Apisnutri

    De:R$28,90
    Por: R$ 19,90
  • Creatina da Apisnutri você encontra para comprar na Naturemed. A Creatina é um suplemento para ganho de massa. A creatina tem ação principal a fornecer resistência nos treinos com o aumento de força.
    Apisnutri
    Product ID: 386
    Product SKU: 386
    New In stock />
    Creatina Monohidratada - 120 cápsulas -  Apisnutri
    • -17% OFF
    Creatina Monohidratada - 120 cápsulas -  Apisnutri

    Creatina Monohidratada - 120 cápsulas - Apisnutri

    De:R$35,90
    Por: R$ 29,90
  • Creatina da Melcoprol você encontra para comprar na Naturemed. A Creatina é um suplemento para ganho de massa. A creatina tem ação principal a fornecer resistência nos treinos com o aumento de força.
    Melcoprol
    Product ID: 422
    Product SKU: 422
    Creatina - 120 Cápsulas - Melcoprol
    • -24% OFF
    Creatina - 120 Cápsulas - Melcoprol

    Creatina - 120 Cápsulas - Melcoprol

    Esgotado!

Creatina

 

A busca pelo corpo ideal é constante na sociedade e isso inclui o desejo de melhorar a autoestima, mudando até mesmo o estilo de vidapara prevenir doenças futuras, com isso a pratica de atividades físicas e a mudança alimentar tem se tornado importante para as pessoas.

 

E é assim que surgi a suplementação de creatina, no qual vai responsável por fornecer energias para células musculares, colaborando para resultados mais rápidos e aparentes, abaixo vamos falar sobre todos os benefícios da creatina no nosso organismo, continue acompanhando para entender melhor.

 

O que é Creatina?

Todos os dias fica claro a necessidade de buscar alternativas alimentares capazes de complementar e melhorar nossa saúde, afinal todos os dias somos alvos de agentes nocivos que atacam 24 horas o nosso organismo, dessa forma fica claro a necessidade de buscar uma vida mais saudável.

 

E dessa forma que vamos conhecer hoje sobre a creatina, aliás você sabe o que é a creatina? Aposto que não! Então vamos lá,a creatina nada mais é do que uma amina, no qual vai ser sintetizada pelo nosso organismo através de duas junções de aminoácidos como: glicina e arginina, formando assim a tão conhecida creatina.

 

Além disso, é importante falar também que o nosso corpo sintetiza essa substância principalmente no fígado, rins, pâncreas e no cérebro, além claro de conseguir absorver a creatina através da alimentação em peixes, carnes vermelhas, leite e seus derivados ou com a suplementação de creatina.

 

Esse aminoácido-creatina, é conhecido no mundo todo pelos benefícios comprovados para quem prática atividades físicas, contudo ela tem sido estudada e comprovada que a utilização da creatina é interessante para preservar os músculos de idosos e prevenir doenças como: Parkinson, Huntington e Alzheimer.

 

A fama da creatina entre os atletas não é à toa, sabemos que ela conquistou eles principalmente pela sua capacidade de aumentar o desempenho físico durante os exercícios, isso se dá graças ao seu efeito ergo gênico para melhorar esse desempenho, dessa forma podemos dizer que 95% do nutriente creatina é armazenada nos músculos e o restante dos 5% vai dividir entre o cérebro e os testículos, no caso dos homens claro.

 

Dessa forma, podemos dizer que a creatina, é um aminoácido presente nos alimentos de origem animal e no organismo humano, no qual em um adulto saudável o fígado, órgão esse que sintetiza a creatina vai produzir cerca de 1 grama diariamente e com uma alimentação equilibrada você conseguirá mais 1 grama para o organismo, além disso podemos dizer claramente que a maior reserva de creatina estará depositada nos músculos esqueléticos em duas formas como: creatina-fosfato, no qual a função é regenerar e o ATP- trifosfato de adenosina na citoplasma celular.

 

Quais os principais nutrientes da Creatina?

Cada vez mais as pessoas tem se preocupado em tornar a sua vida com mais qualidade, melhorando e trocando muitos maus hábitos e costumes à alimentação melhores, agregando ingredientes e suplementos como forma de aumentar a imunidade e a qualidade de vida e é assim que a creatina está ganhando o seu espaço.

 

Alias o mercado hoje está com uma gama extenso de variações de produtos de creatina com o objetivo de aumentar e melhorar a absorção da substância no organismo reduzindo assim efeitos indesejados no seu consumo, abaixo vamos citar os tipos de creatina que encontramos hoje e seus principais nutrientes.

 

Creatina Monohidrata: 

O que é?  A pioneira na fabricação de suplementos, há estudos que comprovam que é a mais eficaz, mas com a absorção mais lenta obtendo assim um preço menor nas lojas, justificado pela produção facilitada do produto, podemos dizer que é a forma especifica da creatina composta de 90% de creatina e 10% de água usada como um suplemento dietético, sendo considerada estável, eficaz, segura e facilmente absorvida pelo organismo, essa creatina ajuda a reabastecer os níveis no corpo de forma eficiente e comprovado pela ciência.

 

Propriedades: vai conter cerca de 12Kcal de valor energético e 3gramas de proteínas, no qual é responsável em várias funções do corpo como: composição das células, contração muscular, anticorpos, coagulação e ajuda no transporte do oxigênio.


Creatina Micronizada: 

O que é?É a quebra de ligações da Monohidrata, sendo moléculas de até 20 vezes menor, por essa razão, a superfície de contato é ampliada, juntamente a taxa de absorção é mais rápida amenizando adversidades relacionadas ao consumo, porém acaba se tornando um produto mais caro, contudo você terá grãos menores e será mais fácil de enviar os nutrientes para a corrente sanguínea.

 

Propriedades: vai conter 0kcal e 3gramas de creatina, sendo assim o produto a base somente de creatina. 

 

Creatina Etil-Éster: 

O que é? Sintetiza por reações entre álcool e ácidos, este tipo de creatina apresenta uma das maiores taxas de absorções e elimina os desconfortos intestinais, porém por complexo processo de produção, é bastante cara e não é muito popular entre os praticantes de exercícios físicos.

 

Propriedades: ela vai conter cerca de 12kcal de valor energético, 3 gramas de creatina e 3 gramas de proteína, no qual como já vimos essa substância é essencial para manter o bom funcionamento do corpo, ajudando no transporte do oxigênio no sangue, na contração muscular entre outros.

 

Como vimos hoje no mercado temos variações de suplementos a base de creatina, no qual a maioria desses o seu princípio ativo principal vai ser o próprio aminoácido creatina, além claro que vai diferenciar a produção de cada um podendo ter ligação de outros nutrientes presentes no suplemento de creatina como vimos acima, continue acompanhando para saber mais sobre esse nutriente.

 

Para que serve Creatina?

Aposto que nesse ponto você deve estar começando a ter dúvidas sobre as utilidades da creatina, não é mesmo, afinal ouvimos muito se falar entre os praticantes de atividades físicas, mas será que sabemos exatamente para que serve a creatina?

 

Essa dúvida com toda certeza, podemos dizer que é enorme entre várias pessoas, sabemos que a creatina é muito utilizada para quem prática exercícios físicos, isso porque ela consegue aumentar a energia do corpo, fazendo assim com que o desempenho e o ganho de massa magra sejam melhores.

 

As funções da suplementação de creatina são variadas, ela pode provocar o aumento da síntese proteica, diminuição da degradação de proteínas e estabilização das membranas biológicas, maior força, redução da fadiga, hipertrofia muscular e prevenção da falta de ATP.

 

Também aumenta o número de células satélites, que estão ao redor dos músculos, promovendo maior ou menor número de núcleos nas fibras e agiliza consideravelmente a recuperação entre as séries e os treinos.

 

Contudo, além disso, podemos dizer também que a creatina é um aminoácido que tem sido estuda para comprovar os benefícios da sua suplementação em outros pontos do corpo, como podemos dizer que os resultados desses estudos foram interessantes em comprovar que ela conseguirá preservar a massa muscular nos idosos e prevenir doenças como Parkinson, Alzheimer e Huntington.

 

Outros benefícios da Creatina:

Claro que os benefícios da creatina é indiscutível para quem prática atividade física, contudo sabemos que a ciência tem realizado muitas pesquisas para avaliar todos os seus componentes e efeito no organismo, dessa forma compreendemos que o seu uso continuo pode trazer vários pontos positivos para a nossa saúde e consequentemente nos favorecer em ter uma qualidade de vida melhor.

 

Desde já, podemos dizer que ela pode servir para as doenças de Parkinson, Alzheimer e Huntington, claro que isso vai ser possível pois a proteína vai agir como um antioxidante, diminuindo o estresse oxidativo, vai estimular a síntese de ATP e ajudar os neuro protetores a se manter saudáveis, mais abaixo vamos detalhar melhor sobre todos os benefícios da creatina no nosso organismo, continue acompanhando para entender melhor sobre esse aminoácido.

 

Bom para quem prática exercícios: sabemos que a creatina é muito famosa entre os praticantes de atividades físicas, isso porque ela é famosa em auxiliar na regeneração do trifosfato de adenosina, conhecido também como o ATP, agindo diretamente no citoplasma celular, além disso sabemos que o ATP é a fonte principal de energia no nosso corpo e por isso é importante ter a sua presença para conseguir desempenhar os exercícios. Também podemos dizer que quando a creatina está em “estoque” no qual podemos conseguir através da suplementação de creatina, quem pratica o exercício físico conseguirá exercer o exercício por um período maior e com mais carga, favorecendo assim a tão sonhada hipertrofia muscular.

 

Bom para quem tem atrofia giratória da coroide e retina: sabemos que essa doença é muito rara e é causada justamente pela deficiência da creatina, pois os pacientes costuma ter altas concentrações de ornitina que impede que a síntese da creatina seja feito no organismo, dessa forma leva a piora da neuro cognitiva, assim podemos dizer que a suplementação da creatina conseguiria normalizar os níveis de creatina no cérebro melhorando e ajudando na doença.

 

Efeito citotóxico: podemos dizer que a creatina conseguiria ter um efeito citotóxico, ou seja, são células que conseguiria destruir outras células que estaria infectada no organismo, além de conseguir impedir o crescimento dessa célula, isso é possível, pois a creatina convertida em formaldeído e peróxido de hidrogênio, ligaria as proteínas e ao DNA levando assim a citotoxicidade das células.

 

Preserva a massa muscular nos idosos: sabemos que a creatina está em constante estudos para comprovar todos os benefícios ao corpo, e a preservação da massa muscular nos idosos é um estudo que tem tido efeitos positivos, pois a suplementação da creatina poderia atuar como adjuvante terapêutico para proporcionar a melhora do metabolismo e da qualidade dos músculos, melhorando assim, a aptidão física e reduzindo a perda da massa muscular conhecida como sarcopenia.

 

Bom para a doença de Parkinson: outro estudo que tem feito com a creatina é a capacidade dela ajudar na doença de Parkinson e isso tem mostrado grandes resultados, pois a suplementação de creatina seria capaz de estabilizar a função mitocondrial e agir como um antioxidante no organismo, diminuindo assim, a disfunção mitocondrial e o stress oxidativo, que está presente na doença.

 

Bom para a doença de Alzheimer: ainda encontramos o estudo dos benefícios dacreatina na doença de Alzheimer, no qual poderíamos falar que seria um ótimo suplemento para prevenir esse tipo de doença, isso porque ela se caracteriza como o stress oxidativo e a deterioração do metabolismo da creatina, impedindo a síntese da trifosfato de adenosina, conhecida como ATP, no qual geraria a falta de energia as células nervosas, assim com a suplementação da creatina ela iria prevenir para não ocorrer esses problemas, ajudando assim a prevenir a doença.

 

Insuficiência cardíaca: outro estudo que encontramos ainda sobre a creatina é a melhora na insuficiência cardíaca, isso porque ela poderia melhorar a força muscular cardíaca, o peso corporal e a resistência, contudo ainda precisamos de mais dados para conseguir comprovar esses benefícios no nosso organismo, mas esperamos que em breve temos notícias ótimas sobre essa questão.

 

Bom para doença de Huntington: e por último os estudos que estão sendo realizados sobre a doença de Huntington, tem mostrado que a suplementação da creatina por via oral pode exercer efeitos neuro protetores, podendo ser uma nova alternativa de tratamento para essa doenças e para as doenças neurodegenerativas, isso foi o que a pesquisa em animal pode comprovar e que foi publicada no Journal of Neuroscience, no qual concluiu que ela preveni a morte celular, prevenindo assim essa doença.

 

Aumento da síntese proteica: além disso podemos dizer que a creatina pode aumentar a síntese proteica, isso é importante pois o corpo utiliza as proteínas para construir os músculos e aumentando a síntese das proteínas poderíamos aumentar nossa massa muscular.

 

Recuperação mais rápida do músculo: sabemos que durante os exercícios pesados rompemos as fibras musculares, causando assim a dor que sentimos após o esforço, com a suplementação da creatina, o corpo teria mais energia e recuperaria mais rápida desses rompimentos, fazendo com o que você volte a se exercitar mais rápido e a ter uma reserva maior de energia.

 

Gordura corporal: agora podemos destacar uns benefícios da creatina no corpo feminino, no qual vai ser um ótimo suplemento para contribuir com a gordura corporal, pois ela vai melhorar o desempenho para treinos curtos e intensos como as danças e atividades aeróbicas, no qual são os treinos mais eficientes para a queima de gordura, isso porque ela é capaz de acelerar o metabolismo e aumentar a eficiência da queima de reservas de gordura corporal, evitando também que perca a massa muscular, pois ela apresenta ação anti-catabólica.

 

Afasta a depressão: outra questão benéfica que podemos comprovar da suplementação da creatina nas mulheres é que ele vai agir como um antidepressivo, quando são combinadas com os antidepressivos e a creatina foi possível constatar as melhorias nos sintomas, deixando assim o cérebro mais energizado e feliz.

 

Melhora a hidratação: uma pesquisa realizada e publicada no American Journal of Lifestyle, mostrou que o uso da creatina foi possível aumentar consideravelmente a hidratação, isso porque a substância leva água para as células do corpo, deixando hidratado e tornando os músculos mais fortes.

 

Luta contra o câncer: um estudo realizado sobre os benefícios da creatina e que ainda está em fase de estudo, foi possível ter uma esperança que ela possa servir de aliada para a luta contra o câncer, o estudo na Universidade de São Paulo em 2016, comprovou que a suplementação da creatina reduziu as taxas de crescimentos de tumores malignos em 30%, no qual os pesquisadores acreditam que ela reduz os níveis de acidose e do stress oxidativo nas células cancerosas, esperamos que em breve possa comprovar os efeitos positivos gerando assim mais um aliado para tratar essa doença.

 

Creatina emagrece ou engorda?

Percebemos acima que não nos falta motivos para começar a usar a creatina, depois de tantos benefícios da creatina, fica a dúvida se ela é capaz de ajudar a emagrecer, afinal seria o sonho de todo mundo, ter todos esses benefícios e conseguir emagrecer mais rápido não é mesmo?!

 

No mundo de hoje, cada vez mais as pessoas tem buscado maneiras e jeitos para emagrecer, afinal a aparência do corpo tem virado uma febre e assim surge varias ideais mirabolantes para perder aqueles quilinhos indesejados e assim a creatina passou a ser vista como um meio de perder esses quilinhos.

 

Contudo, vale lembrar aqui, que não existe nenhum alimento disponível no mercado hoje, que possa fazer esse milagre por si só e claro lembramos que sempre é importante buscar uma ajuda de um nutricionista, nutrólogo que possa te auxiliar nas mudanças alimentares.

 

Sabemos que o emagrecimento por si só, depende de muitos fatores que devem estar integradas com a creatina, como a alimentação equilibrada e a pratica de atividades físicas, dessa forma podemos dizer que sim, a creatina vai te ajudar a emagrecer.

 

Contudo, vale lembrar também que quando começamos uma mudança no estilo de vida primeiramente vamos perder a gordura do corpo, ou seja, os quilinhos de gordura acumulado no nosso corpo, vão ser substituído por massa magra e muitas vezes isso pode não mudar nosso “peso” na balança e podendo até mesmo aumentar, mas isso não significa que você esta “mais gordo” significa que você trocou a gordura “mal” pelo ganho de massa magra e isso a creatina integrada com alimentação saudável e atividade física pode te ajudar a obter melhores resultados.

 

Quais as formas de uso e como tomar?

Depois de tanto falar da creatina você deve estar se perguntando como e onde você pode adquirir esse produto, não é mesmo. Pois então, a creatina é simples e fácil de ser encontrado em lojas de produtos naturais, sites ou lojas de suplementos.

 

Você encontrar nessas lojas a creatina em dois jeitos diferentes, a creatina em pó e a creatina em cápsulas, contudo antes de falarmos como deve tomar cada um, é importante destacarmos aqui a importância de buscar uma orientação de um profissional da saúde podendo ser um nutricionista ou nutrólogo, pois ele vai ser capaz de informar a quantidade ideal para seu quadro clínico, além disso é importante que o fabricante tenha o certificado de aprovação da ANVISA- Agencia Nacional de VigilânciaSanitária, antes de efetivar a compra.

 

Creatina em pó: os suplementos de creatina que encontramos no mercado, geralmente vai ser em pó, podendo ser com ou sem saber, isso vai depender da preferência de cada paciente, além disso a creatina pode ser consumida com suco, leite, vitaminas ou conforme a orientação do seu médico, não podendo ultrapassar a ingestão diária de 3gramas, além disso o estudo publicado no Journal os Exercise Physology, informou que misturar a creatina com uma bebia de carboidrato aumenta a concentração nos músculos comparado aos que a misturam com água, sendo assim uma dica valiosa para quem vai começar a usar esse produto.

 

Creatina em cápsulas: a forma de creatina em cápsulas, vai ser a forma mais prática do produto, ideal para aqueles que vivem na correria e não tem tempo de preparar o produto em pó, sendo a maneira mais fácil e prática, esse produto você devera consumir cerca de 4 cápsulas por dia ou conforme a orientação do seu médico.

 

Além disso é importante destacarmos novamente a importância de uma orientação de um médico, pois ele vai conseguir te passar a forma e a quantidade correta de tomar de acordo com o que você precisa, pois para cada pessoa pode variar, contudo as recomendações no geral é que não ultrapasse as 3 gramas por dia de creatina.

 

Quais os efeitos colaterais?

Depois disso tudo que falamos, de todos os benefícios, como e onde encontra-la é extremamente importante se informar sobre os efeitos colaterais da creatina evitando assim qualquer transtorno, afinal ninguém gosta de ter imprevisto ou ficar com sintomas indesejados.

 

Podemos dizer que os efeitos colaterais da creatina vai ser com o excesso do produto, por isso a importância da orientação, pois podem ocorrer diarreia, dor no estômago, náuseas e câimbras, além disso deve evitar o uso como crianças, gestantes e idosos devem passar por uma orientação antes de consumir a substância.

Blog Naturemed