• Duo Colágeno Bioativo Verisol Sabor Laranja da Katiguá você encontra para comprar na Naturemed. O Duo Colágeno tem principal atuação sobre a derme, retardando os sinais de envelhecimento e suavizando a formação de rugas
    Katiguá
    Product ID: 715
    Product SKU: 715
    New In stock />
    Duo Colágeno - Tipo II - Sabor Laranja -  275g - Katiguá
    • -9% OFF
    Duo Colágeno - Tipo II - Sabor Laranja -  275g - Katiguá

    Duo Colágeno - Tipo II - Sabor Laranja - 275g - Katiguá

    De:R$98,90
    Por: R$ 89,90
  • Bio Colágeno Tipo 2 da Katiguá você encontra para comprar na Naturemed. O Bio Colágeno é um suplemento indicado para fortalecer músculos, ligamentos, tendões e articulações.
    Katiguá
    Product ID: 619
    Product SKU: 619
    Bio Colágeno Tipo II - 30 Cáps. - 1000mg - Katiguá
    • -20% OFF
    Bio Colágeno Tipo II - 30 Cáps. - 1000mg - Katiguá

    Bio Colágeno Tipo II - 30 Cáps. - 1000mg - Katiguá

    Esgotado!

Colágeno Tipo 2

 

A quantidade de colágeno no nosso corpo é gradualmente reduzida ao longo dos anos, o que pode gerar problemas e situações indesejadas. Responsável por manter a estabilidade da saúde da pele, tendões, ossos e cartilagens, o colágeno tipo 2 é essencial para a homeostase do organismo humano.

 

Entretanto, com o processo natural de redução da quantidade de colágeno tipo 2, uma suplementação pode ser necessária para prevenir os principais efeitos que ocorrem quando esse composto está se ausentando. Por isso, para quem gosta de praticidade, as cápsulas de colágeno tipo 2 são perfeitas opções para nutrir sem demandar muitas horas do dia.

 

Neste artigo, você irá conhecer um pouco mais sobre o uso do produto colágeno tipo 2, quais são seus benefícios e como consumi-lo de forma adequada. Além disso, também irá se conscientizar sobre os devidos cuidados sobre a consumação. Veja a seguir!

 

O que é Colágeno Tipo 2?

Primeiramente, é preciso explicar algumas coisas para entender o que é o colágeno tipo 2 e o que ele faz em nosso corpo. Diante disso, a primeira explicação é sobre as articulações. Articulação é a junção de extremidades de dois ossos em que permite a realização de movimentos do membro. 


Por exemplo, o seu cotovelo é uma articulação. Isso porque é o conjunto de duas extremidades de ossos diferentes, que ligadas, conseguem estabelecer o movimento de dobrar ou esticar o braço quando você quiser.

 

Essas articulações são revestidas de cartilagem, importante conjunto de células epiteliais que possuem como principal componente o colágeno. Agora que chegamos até aqui, você irá entender facilmente! Colágeno tipo 2 é a forma suplementar de repor as quantidades de colágeno que são diminuídas em uma redução gradual e constante, sendo um procedimento totalmente natural ao passar dos anos. 

 

Com isso, as articulações também são desgastadas com o tempo, devido à muitas movimentações durante esse período de vida. Assim, o colágeno tipo 2 é justamente o suplemento que renova o revestimento nesse desgaste.

Esse desgaste de colágeno também gera células inflamatórias que são totalmente prejudiciais ao tecido ósseo, promovendo o surgimento de doenças como artrite reumatoide e osteoartrite. Dessa forma, haverá inchaços, dificuldade de locomover, dor e rigidez excessiva.

 

Por isso que a presença de colágeno tipo 2 é tão importante para o organismo. Prevenindo enfermidades e repondo a ausência de colágeno nas cartilagens, é um produto fundamental para a saúde de todos. Um detalhe interessante é que o colágeno tipo 2 pode ser obtido por meio de derivações nas cartilagens de aves.

 

Como o Colágeno Tipo 2 age no organismo?

A priori, é importante dizer que a presença de colágeno no seu corpo começa a reduzir entre os 25 aos 30 anos. Seja o colágeno de tipo 2 (que é 60% da composição de cartilagens) ou outras categorias. A principal consequência são as enfermidades que atingem os ossos e articulações, conforme dito anteriormente.

 

A ingestão de colágeno tipo 2 no organismo é feita pela suplementação, dentro do produto, existem substâncias, que quando consumidas, irão estimular a produção desse tipo de colágeno no seu organismo. O sistema endócrino do corpo entende que é preciso sintetizar essa substância, incentivando os responsáveis por esse processo para fazê-lo o mais rápido possível.

 

Existem células que atuam na reposição de tecidos. Por exemplo, no tecido ósseo temos os osteócitos. O consumo de colágeno de Tipo 2 ativa a maior síntese dessas células, para que hajam mais osteócitos, acelerando a regeneração das cartilagens nas articulações, além de fortalecer ossos que são fragilizados com alguns problemas.

 

Como existem doenças autoimunes causadas pela falta de colágeno (isto é, quando o corpo ataca as próprias proteínas). O uso de colágeno tipo 2, ajuda o organismo a reconhecer que o colágeno é importante para ele e que precisa desse composto para renovar e manter a estabilidade das articulações e tecidos envolvidos. 

 

Qual a principal característica do Colágeno Tipo 2?

Sabemos que existem diversos tipos de colágeno para consumo, principalmente na suplementação. Porém, o que geralmente não estamos cientes é sobre quais são as exclusividades de cada um, ou seja, o que cada tipagem possui de abundante. Nesse caso, resolvemos dizer para você a importância do colágeno de categoria número 2.

 

São 8 tipos de colágenos. Entretanto, o colágeno tipo 2 se destaca por apresentar especificidade em regeneração de tecidos e imposição de proteínas para estruturações, o que causa firmeza, resistência aos atritos e amortecimentos, movimentação adequada, fortalecimento, entre outras características positivas nesse ramo.

 

Como toda proteína, é um conjunto de aminoácidos que representam importantes especificações no código genético para produzir esse tipo de colágeno, o número 2. São moléculas geralmente mais íntegras, sem muitas fragmentações.

 

Quais os nutrientes do Colágeno Tipo 2?

Como vimos acima, o colágeno tipo 2 pode ser algo bastante benéfico para o organismo, quando se trata da otimização de articulações distribuídas ao longo do corpo. Promovendo maior regeneração e qualidade de vida para seus consumidores, o produto ainda é compatível com outros pontos positivos para o corpo, devido aos seus nutrientes em sua composição.

 

A bula do colágeno tipo 2 geralmente possui os seguintes compostos: Vitamina C revestida (ácido ascórbico), Vitamina E (Acetato de tocoferol), Vitamina B3 (Nicotinamida), Vitamina B6 (Piridoxina), Vitamina B1 (Tiamina), Vitamina B12 (Cianocobalamina). Confira abaixo, as funções de cada um;

 

Vitamina C: com cerca de 45mg em cada porção de colágeno tipo 2, a vitamina C promove maiores benefícios no tecido epitelial, atua na nutrição, revestimento e também na aceleração de cicatrizações em ferimentos. Além disso, pode proporcionar ao consumir maior quantidade de anticorpos no corpo.

 

Vitamina E: Está presente por volta de 10mg na composição do colágeno tipo 2. Ela fornece ações antioxidantes no organismo, incentivando o combate contra radicais livres, que causam diversas doenças. Ademais, a saúde da pele e cabelo também são beneficiadas e a prevenção contra Aterosclerose e Alzheimer é mais forte.


Vitamina B1: processos do metabolismo que são essenciais para o funcionamento ideal do Sistema Nervoso, coração, hemácias, degradação de carboidratos e músculos, são otimizados pela Tiamina. A Vitamina B1 é presente em 1,2mg por unidade de colágeno tipo 2 e colabora contra alterações que envolvem apetite, função cardíaca, problemas neurológicos e irritabilidade excessiva.


Vitamina B3: Também chamada de Niacina, a vitamina B3 que é uma das mais abundantes na composição do colágeno tipo 2 é ideal para melhorar a circulação sanguínea e aliviar a enxaqueca, além de controlar o colesterol e sintomas de diabetes, como alta taxa de glicose no sangue.


Vitamina B6: a piridoxina desempenha funções como estabilizar a produção de ATP, proteger os neurônios e aumentar a síntese de neurotransmissores, para o ótimo funcionamento do sistema.


Vitamina B12: Reduzindo os danos de mutações genéticas no DNA e prevenindo problemas musculares, o combate contra a anemia e chances de câncer são efetivados. Sendo assim, o colágeno tipo 2 pode atuar indiretamente em diversos outros benefícios.

 

Para que serve o Colágeno Tipo 2?

Fonte rica de variados nutrientes, o colágeno tipo 2 pode oferecer um leque de benefícios para seus consumidores. Como vimos anteriormente, a quantidade de compostos na fabricação do produto permite que haja benefícios tanto diretos (que são o verdadeiro motivo da demanda) quanto indiretos (que são apenas consequência do consumo, mas que são extremamente positivas para o corpo).

 

A manutenção da saúde é um cuidado importante que todas as pessoas devem ter no dia a dia. Entretanto, para casos em que o Colágeno tipo 2 é aplicável, a regeneração da cartilagem e fortalecimento das articulações possui um nível de importância maior, já que precisamos desses movimentos básicos para fazer qualquer coisa.  Dessa forma, confira quais são as principais funcionalidades do colágeno tipo 2 para o nosso corpo:


Sustentação: o fortalecimento dos ossos pode ser vantajoso especialmente para pessoas que possuem sobrepeso. Isso porque, como há maior quantidades quilos a serem sustentados pelos ossos das pernas, por exemplo, a fortificação serve para evitar que os ossos trinquem, quebrem, inflamem, entre outras adversidades. Por isso, o uso de colágeno tipo 2 para pessoas que estão entrando na obesidade ou já são obesas é importante.


Sistema imunológico: No caso do sistema imunológico, o colágeno tipo 2 pode beneficia-lo de formas diferentes. A primeira delas seria dessensibilizar a produção de linfócitos contra a proteína colágeno, por causa das doenças como artrite reumatoide que é considerada autoimune, ou seja, o próprio organismo destrói os revestimentos localizados nas articulações, como as cartilagens.

 

Já a segunda forma se trata da efetivação e promoção de maior quantidade anticorpos de maneira correta, sem prejudicar o próprio corpo. Como o colágeno tipo 2 é rico em vitamina C, vimos que o ácido ascórbico promove maior produção de glóbulos brancos, melhora o revestimento, cicatrização e nutrição da epiderme.


Bloqueio de Inflamações: As dores nas articulações são insuportáveis a partir de determinado momento. Qualquer movimento leve pode resultar em um incômodo muito forte. Por isso, o colágeno tipo 2 é essencial para aliviar e eliminar esse problema, melhorando tanto a locomoção, quanto a qualidade de vida.


Nível de Colágeno: Os índices de colágeno no organismo reduzem naturalmente ao longo dos anos, devido ao próprio desgaste de uso das articulações durante a vida. Porém, se isso for motivo para surgimento de doenças, o uso de colágeno tipo 2 pode ser necessário para repor a quantidade perdida.

 

Outros benefícios do Colágeno Tipo 2:

Diante de todas as vantagens de consumo do colágeno tipo 2 citadas acima, ainda existem outros benefícios que o produto pode trazer aos seus usuários. Como dito, certas enfermidades fazem com que o organismo entenda que o colágeno é uma proteína ruim, o que estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos contra ele.

 

Dessa forma, existe uma lista de doenças que são autoimunes e que o colágeno tipo 2 é utilizado em tratamentos médicos como método de profilaxia ou até mesmo prevenção, caso os sintomas já comecem a surgir. Confira a seguir, quais são as enfermidades que o produto pode ser usado para fortalecer o combate:

- Artrose;
- Osteoartrose;
- Artrite;
- Poliartrite;
- Osteoartrite;
- Artrite Reumatoide.

 

Como tomar e usar Colágeno Tipo 2?

Depois de absorver todas as informações necessárias sobre os nutrientes, o que é, funções e benefícios no corpo, chegou o momento de aprender sobre como consumir o colágeno tipo 2. Contudo, alguns detalhes importantes merecem ser ressaltados. Afinal, existe mais de uma forma de encontra-lo no mercado atual!

 

O primeiro ponto a ser ressaltado é que o colágeno tipo 2 é aquele que só é vendido em forma não hidrolisada, ou seja, o colágeno não hidrolisado é o nosso assunto. O colágeno hidrolisado refere-se ao colágeno tipo 1. Portanto, quando for comprar, não confunda! Você pode encontrar esse suplemento principalmente em lojas de produtos naturais. As formas que o colágeno tipo 2 (ou não hidrolisado) pode ser encontrado é:


Colágeno tipo 2 em pó:  A melhor característica dessa maneira de consumo é o fato de ser uma fonte de proteína. Assim, ele pode auxiliar no processo de ganho de massa muscular (quando associado a exercícios) e diminui o consumo alimentar, aumentando a saciedade. 

 

Para consumir, é necessário que uma dose tenha 8,4g de proteína no mínimo, diariamente, durante 12 semanas. Ou seja, a dosagem depende da marca do produto. Um nutricionista irá auxiliar suas dúvidas sobre isso. Caso tenha dores ou problemas com as articulações, o uso contínuo (adequado) não irá causar danos.


Colágeno tipo 2 em cápsulas: O principal benefício é a praticidade de consumo em qualquer momento. Mas, se você tem dificuldades de engolir, talvez a opção em pó seja o ideal. A quantidade de colágeno tipo 2 é a mesma que a das outras formas de uso. Porém, para ingerir, o número de cápsulas por dia gira em torno de 2 vezes, sempre 15 minutos antes das refeições.

 

Quais os efeitos colaterais?

Mesmo que o colágeno tipo 2 possua todos esses pontos positivos, nutrientes, benefícios e atue como agente contra doenças em articulações, os cuidados durante a consumação não podem ser descartados. Por isso, existem algumas restrições que precisam ser ditas antes de você adquirir o produto.

 

A primeira é que pessoas alérgicas aos componentes do colágeno tipo 2 não devem, em hipótese alguma, consumi-lo. Alérgicos aos princípios ativos do frango ou ovos estão totalmente proibidos de usar. Mulheres grávidas e crianças devem consultar um nutricionista previamente à aquisição do suplemento. Por fim, o uso de colágeno tipo 2 não apresenta efeitos colaterais.

Blog Naturemed