• Cloreto de Magnésio da Melcoprol você encontra para comprar na Naturemed. O CLoreto é um suplemento mineral alcalino que desempenha diversas funções biológicas, auxiliando na função cardíaca, metabolismo muscular e ósseo.
    Melcoprol
    Product ID: 216
    Product SKU: 216
    New In stock />
    Cloreto de Magnésio PA - 100 cáps. - 500mg - Melcoprol
    • -25% OFF
    Cloreto de Magnésio PA - 100 cáps. - 500mg - Melcoprol

    Cloreto de Magnésio PA - 100 cáps. - 500mg - Melcoprol

    De:R$35,90
    Por: R$ 26,90
  • Magnésio e Zinco com Vit. B6 (ZMA) você encontra para comprar na Naturemed. O ZMA é um suplemento mineral que ajudam a compor os nutrientes necessários para o nosso organismo.
    Melcoprol
    Product ID: 254
    Product SKU: 254
    New In stock />
    ZMA - Supl. Mineral de Magnésio e Zinco com Vit. B6 - 120 Cáps. - 500mg - Melcoprol
    • -24% OFF
    ZMA - Supl. Mineral de Magnésio e Zinco com Vit. B6 - 120 Cáps. - 500mg - Melcoprol

    ZMA - Supl. Mineral de Magnésio e Zinco com Vit. B6 - 120 Cáps. - 500mg - Melcoprol

    De:R$35,50
    Por: R$ 26,90
  • Cloreto de Magnésio PA da Melcoprol você encontra para comprar na Naturemed. O Cloreto é um suplemento mineral alcalino que desempenha diversas funções biológicas, auxiliando na função cardíaca, metabolismo muscular e ósseo.
    Melcoprol
    Product ID: 214
    Product SKU: 214
    Cloreto de Magnésio PA - 33g - Melcoprol
    Cloreto de Magnésio PA - 33g - Melcoprol

    Cloreto de Magnésio PA - 33g - Melcoprol

    Esgotado!
  • Magnésio da Melcoprol você encontra para comprar na Naturemed. O Magnésio é um suplemento nutricional que além de ser fonte de Magnésio, oferece em sua composição o Ácido Málico.
    Melcoprol
    Product ID: 735
    Product SKU: 735
    Magnésio Suplemento Mineral - 100 Cáps. - 250mg
    • -17% OFF
    Magnésio Suplemento Mineral - 100 Cáps. - 250mg

    Magnésio Suplemento Mineral - 100 Cáps. - 250mg

    Esgotado!

Cloreto de Magnésio

 

O Cloreto de Magnésio é um dos minerais mais importantes para o bom funcionamento em todo o corpo, a sua falta ou deficiência pode ocasionar diversos efeitos colaterais que são totalmente desagradáveis. Algumas pessoas podem obter o magnésio apenas com uma boa dieta, de maneira saudável. Outras, porém, necessitam de maiores níveis desse mineral, por ser insuficiente no organismo.

 

Com isso, diversas pessoas optam por buscar meios de inserir de Cloreto de Magnésio manualmente, através de tratamentos médicos especializados nessa insuficiência do Mineral. A ausência do Magnésio e Cloro, presentes nesse composto, pode acarretar alguns problemas, que veremos mais à frente.

 

Por sorte, é muito simples fazer a suplementação do Cloreto de Magnésio, principal maneira recomendada por médicos, apenas com cápsulas ou outros tipos de suplementos de Cloreto de magnésio existentes no mercado. Neste texto, iremos descobrir quais são os verdadeiros benefícios dos bons níveis de magnésio no corpo, saber todas as funções, onde ele pode ser encontrado, como consumir e quais os cuidados necessários para seu uso.

 

O que é Cloreto de Magnésio?

O Cloreto de Magnésio é uma substância que é possível ser tomado por conta própria, e isso ajuda muito a aumentar os níveis necessários de magnésio no organismo, porém é preciso ter bastante cuidado para que não aconteça a chamada overdose de magnésio, que pode gerar insuficiência renal aguda, problemas respiratórios e até mesmo uma depressão.

 

Muitos sais minerais e vitaminas se enquadram no grupo dos compostos essenciais. Mas o que são compostos essenciais? Explicamos: São substância que o corpo necessita de alimentação para suprir as necessidades que ele possui, pois o organismo não é capaz de produzir sozinho quantias suficientes para usa-las corretamente. O Cloreto de magnésio, por exemplo, possui seu principal átomo, Magnésio, como um Sal Mineral essencial.

 

Sendo assim, o Magnésio é extraído de alimentos como linhaça e algas e inserido nas formas de suplementação, com intuito de garantir maior praticidade no consumo e criar uma forma concentrada do mineral, melhorando a quantia absorvida em cada refeição ou momento de uso. É justamente por esse motivo que o Cloreto de Magnésio foi criado!

 

Esse nutriente encontrado nos minerais é derivado do oceano e contém diversas propriedades benéficas para toda a saúde interna. Além disso, o Cloreto de Magnésio pode contribuir no relaxamento da mente e de todo o corpo. Pode ser responsável também pela desintoxicação do corpo, reduzindo dores e aliviando o stress e ansiedade, e ainda fornecer mais energia aos músculos.

 

Ainda há o Cloreto de Magnésio PA que foi criado para a otimização dessa absorção de Magnésio no corpo. A Sigla PA tem o significado de “Puro em Análise”. Esse detalhe é responsável por aumentar a absorção, pois quanto mais puro o composto é, melhor sua dissolução em qualquer meio que se encontrar.

 

Quais os principais nutrientes do Cloreto de Magnésio?

O cloreto de magnésio é a forma de suplementação que cobra a ausência de minerais que estão em falta no corpo humano. O número de pacientes satisfeitos com o produto deve-se ao seu alto valor nutricional, devido aos compostos utilizados para a fabricação de cápsulas e o adicional de cloro, o que torna rico em propriedades além das oferecidas pelo magnésio.

 

Na bula do suplemento cloreto de magnésio, é possível encontrar a composição de: Magnésio, dois átomos de cloro, gelatina e glicerina. Além do mais, a facilidade uma cápsula se dissolver no estômago, liberando esses nutrientes para o corpo, é mais vantajoso do que as outras formas de consumo para absorção. Confira agora, detalhes sobre cada componente;

 

Magnésio: O mineral é um dos mais importantes do grupo dos sais minerais essenciais para o fortalecimento ósseo. Presente no cloreto de magnésio, é também chamado de Segredo da Longevidade. Isso porque ele ajuda a retardar efeitos de envelhecimento nos seus usuários. Em questão de importância, por exemplo, ele fica apenas abaixo do Potássio! Ele pode atuar em diversos meios que tenham diferentes concentrações e quantidades de si, em qualquer atividade orgânica.

 

Quando está presente de forma regular no organismo, ele age na síntese de proteínas do nosso corpo! Ele é capaz de transportar energia e também contribui para o funcionamento de algumas enzimas que são responsáveis pela degradação de moléculas, o que é importante para a produção de ATP no organismo. Para se ter uma ideia, enzimas que precisam de Vitamina B1 para a atividade, podem ser compensadas com cloreto de magnésio!

 

Por fim, o magnésio do cloreto de magnésio também contribui para a atividade hormonal no organismo, sendo participativa em mais de 100 reações! Esse mineral pode ser encontrado em diversos alimentos, como alface, beterraba, banana, feijão, ervilhas, quiabo, arroz integral, aveia, farelo de trigo, massas integrais, amendoim, nozes e outras sementes torradas!

 

A falta de magnésio pode gerar colesterol alto, hipertensão e agravamento da hiperatividade. A carência de magnésio é uma situação preocupante, pois com o funcionamento incompleto do corpo, o ritmo cardíaco pode ser afetado drasticamente! Cãibras, ansiedade e insônia também estão na lista das consequências. 

 

Cloro: Outro componente muito importante do cloreto de magnésio são seus dois átomos de cloro presentes em sua composição molecular. O cloro pode ajudar a regular o pH sanguíneo do consumidor. Por ser um ametal de caráter ácido, ele ajuda na redução de basicidade do sangue. O cloro também colabora na eliminação de metais pesados do organismo, pois como é um gás, ele é capaz de se conectar com o metal, formando um composto iônico que é removido logo em seguida pelo sistema de excreção.

 

Por causa dessa remoção de metais pesados, o cloro do cloreto de magnésio pode ser útil para a otimização de serviços do fígado. Como a síntese de hormônios para posteriormente eliminar a ureia e sua atuação como “filtro” do organismo. Através do sal, é possível ingerir diariamente o mineral, mas para quem possui insuficiência, o ideal é a suplementação de cloreto de magnésio. A ausência de cloro no seu corpo poderá causar sintomas como falar demais durante o sono, ter muita fome e consequentemente aumentar o peso, ter dores excessivos tanto nos membros inferiores, quanto superiores!

 

Glicerina: o grande poder da glicerina justifica seu uso na fabricação de cápsulas do cloreto de magnésio. Sua alta propriedade de umectação faz com que as cápsulas em contato com o organismo, após a digestão, sejam facilmente quebradas e absorvidas, promovendo melhores experiências com o usuário em adquirir benefícios dos minerais.

 

Gelatina: Outro produto utilizado para a fabricação de cápsulas do cloreto de magnésio, a gelatina será a responsável por dar um gosto melhor para a suplementação, durante a deglutição. Com isso, diversas pessoas que não gostam de cápsulas por causa do sabor de algumas, terão seus problemas resolvidos! O cloreto de magnésio é prático e saboroso!

 

Como atua o cloreto de magnésio?

Com poderosa ação no controle dos níveis de açúcar no sangue, atuando essencialmente na diminuição do desejo de consumir doces e diversos alimentos gordurosos, o Cloreto de Magnésio pode ser bastante benéfico nas funções do processamento de gordura, umas de suas atividades no metabolismo do usuário.

 

Como visto, o Cloreto de magnésio é um grande auxiliador na queima de lipídeos. Porém, é preciso que antes haja um estímulo prévio, como uma reeducação alimentar e a inclusão de atividades físicas em sua rotina. Somente depois dessa combinação, é que a ação desse mineral pode ser eficaz no processo de perda de peso.

 

Para que serve o Cloreto de Magnésio?

A principal função do Cloreto de Magnésio é suprir a falta de magnésio que o organismo sofre (no caso de necessidade do uso), deixando a profilaxia contra doenças e sintomas dessa ausência, eficientes. A falta de magnésio pode ser simultânea com Cálcio e Potássio devido a uma alimentação incorreta, o que prejudica a absorção desses minerais, gerando diarreias, vômitos, náuseas, entre outros.

 

O Cloreto de Magnésio também pode ser utilizado para tratamentos de enfermidades que tem a desidratação como principal sintoma. Diálises e Hemodiálises também são situações em que o suplemento pode ser aplicável, favorecendo o equilíbrio do organismo contra intoxicação, processos eletrolíticos e relacionados à hidratação.

 

Nosso corpo necessita de Cloreto de Magnésio para realizar diversas funções essenciais, e de forma simples, podemos dizer que o magnésio atua significativamente nos ossos, músculos, crescimento e regeneração de tecidos, digestão, sistema nervoso, sistema cardiovascular, além de ser necessário para mais de 100 reações enzimáticas.

 

Porém, existem algumas situações que fazem com que o corpo perca magnésio mais rápido do que algumas dietas concentradas conseguem repor. Por isso, o Cloreto de Magnésio possui grande importância, se combinado às dietas balanceadas, uma boa suplementação e uso correto na medida certa!

 

Cloreto de Magnésio emagrece?

O cloreto de magnésio pode influenciar no emagrecimento por conseguir impedir o estresse oxidativo da célula, que é relacionado com a obesidade. Como o suplemento é absorvido de forma efetiva no organismo, ele tem a sensação que a fome foi satisfeita. Ou seja, a saciedade está completa.

 

Como o cloreto de magnésio também atua na produção de energia, ele também é capaz de ampliar a disposição do usuário para se exercitar fisicamente. Dessa forma, o nível de desempenho durante os treinos pode ser ainda maior, gerando mais perda de calorias e consequentemente, o emagrecimento.

 

O cloreto de magnésio controla facilmente os níveis glicêmicos no sangue, sendo ótimo para redução de peso por esse motivo. Entretanto, sozinho, o suplemento não consegue realizar todos esses benefícios de emagrecimento. Dessa maneira, é sempre importante estar com uma dieta aliada à rotina de exercícios físicos.

 

Outros benefícios do Cloreto de Magnésio:

Como visto, O cloreto de magnésio é muito importante e bastante utilizado para complementar a ingestão de magnésio na dieta. Isso pode não tratar todas as condições propriamente dizendo, mas pode contribuir consideravelmente no tratamento de deficiência do mineral referido, além de fazer com que sejam melhoradas, ou restauradas, algumas funções fisiológicas.


 
Há também alguns benefícios específicos que são oferecidos pelo Cloreto de Magnésio, eles podem ser relacionados com diversas áreas do corpo. A variedade de nutrientes e propriedades que possui, pode ser de grande importância para “tarefas” que são consideradas essenciais para o organismo. Confira agora, quais são elas:

 

Funções Cerebrais: Já houveram estudos que afirmaram que o uso de Cloreto de Magnésio pode ser eficaz para o desenvolvimento de funções do cérebro. A concentração de magnésio nas devidas proporções validou a importância do sal mineral para aumentar a densidade das sinapses, processo de transmissão de “recados” do sistema nervoso central para o resto do corpo. Com isso, a memória é a principal característica avantajada durante o uso do produto, isso pode ser benéfico para tratamentos de Alzheimer, por exemplo. 


 
Força nos ossos: O Cloreto de Magnésio ainda pode ser utilizável para o fortalecimento de ossos, pois a ausência do mineral Magnésio é totalmente correlacionada com a osteoporose. O consumo favorece a densidade óssea e já foi comprovado melhora nos ossos pelo magnésio ou juntamente com o Potássio.

 

Contra infecções: Uma das melhores vantagens encontradas no Cloreto de Magnésio é a capacidade de curar feridas, impedindo infecções nessas áreas. A descoberta foi feita por um cientista francês no século XX, em que o Cloreto de Magnésio não prejudicava os tecidos lesionados e ainda aumentaria, de certo modo, a eficiência da imunidade do corpo.

 

Dor de Cabeça e Enxaquecas: Cloreto de Magnésio também é ideal para casos de dores de cabeça e enxaquecas. O Sal mineral é uma alternativa que se mostrou tolerável para os usuários, sendo ótimo para diversos tipos de dores nessa região da cabeça. 

 

Audição: Tratamentos que são contra a perda da audição possui o cloreto de magnésio como complemento para desenvolver a melhora necessária no paciente. O principal motivo da perda gradual (que é um processo natural) é a diminuição da atividade metabólica responsável por estimular a captação de ondas sonoras. Sendo assim, além de estabilizar a audição, também é viável para profilaxias contra zumbidos.

 

Retira o estresse: A quantia de magnésio no organismo é diretamente relacionada com os níveis de estresse. Isso porque o Cloreto de Magnésio pode ajudar a desenvolver métodos de produção de serotonina, hormônio responsável pela sensação de bem-estar. Dessa forma, quanto maior for a quantidade do mineral no corpo, menores serão os sentimentos de estresse.

 

Vícios são amenizados: o Cloreto de Magnésio ainda pode favorecer o tratamento clinico contra vícios de álcool, nicotina, maconha, cocaína, entre outras dependências químicas. Os vícios que envolvem cafeína também podem ser resolvidos com magnésio suficiente no corpo. Assim, é correto dizer que o cloreto de magnésio age de maneira a reduzir atividade de substâncias advindas de usos compulsivos.

 

Contra Asma: Até agora, foi visto que apenas em crianças houve uma melhora no quadro de asma, após o uso de cloreto de magnésio. Entretanto, está em fase de observação o mesmo efeito para adultos. A cura foi equivalente a 80% do estado anterior ao consumo do produto.

 

Contra Hipertensão: A hipertensão é relacionada com riscos para o coração e ocorrência de derrame. O suplemento de Cloreto de Magnésio pode agir contra diversas enfermidades cardiovasculares devido sua função de amenizar a pressão arterial, causando maior estabilidade no sistema circulatório. 

 

Fortalecer o sistema imunológico: Segundo pesquisas, foi constatado que a falta de Cloreto de Magnésio pode enfraquecer significativamente o nosso sistema de defesa. Os leucócitos (glóbulos brancos) vão diminuindo em número, e a circulação nos pés e mucosa nasal são reduzidos. Além disso, à medida em que envelhecemos, nosso sistema de defesa é reduzido drasticamente. Com isso, o sistema imunológico é fortalecido e assim, a formação de mais anticorpos acontece. 

 

Gerando energia: O Cloreto de Magnésio é ainda responsável por contribuir na geração de energia a partir das gorduras, carboidratos e proteínas. Isso porque existem diversos processos metabólicos em que o Cloreto de Magnésio é essencial. Ele ainda pode ser incorporado em suplementos esportivos, o que ajuda a aumentar muito os níveis de energia e o desempenho atlético.


 
Tratamento contra Diabetes tipo 2: Alguns estudos sugerem que a suplementação do Cloreto de Magnésio é capaz de aumentar a sensibilidade à insulina e melhorar o controle da glicose. Certos resultados indicaram que a suplementação em jejum desse mineral pode diminuir a longo prazo a sensibilidade de pessoas com resistência à insulina ou em seu estágio mais avançado, a diabetes tipo 2.


 
Quais as função e onde encontrar
Cloreto de Magnésio?

A gama de benefícios do Cloreto de Magnésio é extensa, com isso, ele também carrega diversas funções. O Cloreto de Magnésio tem um papel importante em toda saúde cardiovascular e em algumas doenças cardíacas. Esse mineral também atua consideravelmente no combate à depressão, ansiedade e até mesmo contribuir na melhor absorção de cálcio e potássio.

 

É possível encontrar bons níveis deste mineral em muitos alimentos, isso pode depender de quanto de Cloreto de Magnésio há no solo onde eles foram plantados. Alguns desses alimentos como nozes, grãos integrais, feijão, sementes, amêndoas, banana e peito de frango. Mas esses podem ter níveis relativos de Magnésio, suplementos também são excelentes opções para inserir na dieta.

 

Quais as formas de uso e como tomar Cloreto de Magnésio?

Para tomar o cloreto de magnésio, primeiro é preciso que (aconselhavelmente) tenha uma indicação de algum nutricionista, pois o uso indevido pode fazer com que ocorra certos sintomas inesperados. Você pode comprar o suplemento em lojas de produtos naturais, sendo a forma mais segura de aquisição.

 

O suplemento de cloreto de magnésio pode ser em pó, gotas ou cápsulas! O pó não é o preferido da maioria dos consumidores, devido ao seu gosto não muito agradável, por isso, o grande foco são as cápsulas. Veja a seguir, alguns detalhes de uso sobre as maneiras de consumir o cloreto de magnésio;

 

Cápsulas: É o tipo favorito de uso dos pacientes, sendo necessário consumir cerca de 2 cápsulas ao dia, de preferência durante as refeições, para aumentar a absorção de outros minerais ingeridos e ter maior aproveitamentos dos respectivos benefícios nutricionais. O ministério da saúde recomenda a dosagem de até 260mg. Por isso, o número de cápsulas por dia poderá depender do teor de MgCl2 no produto.


Cloreto de magnésio em pó: A forma de pó não é muito utilizada pelos usuários, mas para quem desejar consumir assim, o ideal é uma colher de chá para cada dois copos de água. Nada mais. Isso porque como o cloreto de magnésio é um composto iônico, sua solubilidade é muito alta, exigindo pouco solvente.

 

Cloreto de magnésio em Gotas: Essa maneira ainda é um pouco desconhecida. Apenas um nutricionista é capaz de informar melhor sobre a dosagem necessária para você, já que peso, carência e outros fatores são bastante considerados.

 

Quais os efeitos colaterais e contraindicação?

 Contudo, alguns cuidados devem ser ressaltados para o uso de cloreto de magnésio em forma de suplementação para seus consumidores. O composto é bastante tolerável para o organismo humano, isso é um fato. Entretanto, quantidades excessivas acarretam vários sintomas como diarreia, vômito, fraqueza e hipertensão.

 

Além disso, mesmo sendo considerado um suplemento muito seguro e saudável, o cloreto de magnésio possui contraindicações específicas contra diarreia, problemas nos rins e miastenia agravada. Isso porque o magnésio e o cloro possuem propriedades laxativas, por atuarem no estômago, promovendo digestões.

Blog Naturemed